seta

298 postagens no blog

Chega de reprises.

05/01/2018 17:42

                        O Brasil está vivendo um período de reprises em sua vida, em todas as suas facetas. O país está carente de criatividade, de novos e reais líderes. As discussões são feitas visando os próprios interesses dos que detêm o poder nas suas mais diversas facetas. As chamadas reformas que estão tanto dando o que falar são abusivamente e escancaradamente colocadas de maneiras equivocadas como a própria Reforma da Previdência que é uma reprise de antigos e novos interesses, uma vez que tudo seria resolvido com uma única questão: a gestão. Não haveria necessidade de nenhuma reforma do setor se a gestão dos seus recursos não tivesse sido tão danosa. tão espinhosa e tão repleta de maus tratos, de corrupção, de roubo mesmo. Está provado por matemáticos e por gente de bem que ainda existe por aí que o roubo não tem nada a ver com a idade com que o cidadão se aposente nem com a quantidade de pessoas que se aposentam. Tem a ver com a má administração dos recursos por décadas e mais décadas e que provocou o "status quo" que vivemos. E o que vivemos é um teatro de reprises onde os "atores" se digladiam nas arenas políticas buscando salvaguardar seus mandatos, seus subsídios e seus próprios benefícios. Nada de novo. Tudo repetido. Uma série de reprises a que o povo assiste sem nada poder fazer.    

seta

Algumas de nossas frases e pensamentos.

30/12/2017 11:06

1 – Pensar é o mais libertador de todos os atos da raça humana. Qualquer opressão será sempre provocada por quempensa. Ou não pensa.

2 – Qualquer pessoa tem dons que nem sabe que tem. Descobri-los é um insano trabalho de interiorização da própria alma.

3 –  A sabedoria vem com o tempo e  quando às vezes chega se esgota o tempo.

4 – Os filhos são a certeza de que, através deles, alguma coisa sua vai seguindo para uma eternidade absoluta.

5 –  A vida é um hardware que precisa constantemente de upgrade.

6 –  Um sorriso falso corresponde à posição da cobra antes do golpe final.

7 –  A televisão é a maior escola do mundo. Vai do lúdico ao crime com o apertar de um botão.

8 – O melhor de viajar é se deixar ser visto por gente que você nunca viu.

9 – A parte de nosso corpo que mais devemos fazer funcionar é a dos neurônios. Como agora.

10 – O cara que mente e acredita na própria mentira é um sujeito altamente persuasivo.

11 – Eu queria falar do presente, mas já é futuro, futuro, futuro, futuro…

12 – Você jamais vai ter idéia do que vai acontecer no minuto seguinte. Seja responsável por ele.

13 – Viver é um eterno dormir e acordar. E quando se acorda começa sempre uma nova vida.

14 –  A diferença entre um homem de bem e o bem de um homem está na conta bancária.

15 – Quem diz que a educação não evoluiu no país é porque não vê que a televisão é a maior escola de criminalidade do mundo.

16 – A verdadeira liberdade do homem e da mulher está nos seus pensamentos. Ninguém sabe, ninguém vê.

17 – Detesto fotografia posada. Não revela o que a pessoa sente no momento. Bom é a flagrada que deixa tudo à mostra..

18 – Os meus programas de televisão são um pouco da vida dos outros e um enorme pedaço da minha própria vida.

19 – O que seria do mundo sem as mulheres? Os homens jamais saberiam preencher esse imenso vazio.

20 – O telefone era fantástico até o dia em que descobriram o grampo. Aí ficou como cabeça de mulher cheio de revelações.

Compartilhe isso:

seta

A virada - o "reveillon" do Brasil

08/12/2017 10:57

                           Já estamos em dezembro e em pouco mais de vinte dias é chegada a hora da virada, a hora em que o povo fica eufórico, acredita na beleza das festas, renova esperanças e crê que, no próximo ano, tudo será diferente e vamos acordar em um mar de rosas. Doce e falsa expectativa que a cada 365 dias se renova dentro de cada um de nós. Mas, na realidade, a virada que queremos, que desejamos para nossas vidas, para o nosso país, está dentro de cada um de nós, está numa reforma social que não passa apenas pelos políticos e politiqueiros, mas, sim, isto sim, pela vontade do povo de querer fazer mudar. E tudo avança com o comportamento desse mesmo povo que precisa mostrar civilidade nas mínimas atitudes que vão do não jogar lixo nas ruas, ao cumprimento entre os cidadãos, ao respeito pelos mais velhos, ao reconhecimento dos símbolos pátrios, à paciência com o próximo e à certeza de que juntos somos muito mais fortes do que esta minoria podre que insiste em governar o Brasil. Esses precisamos conhecer e alijar. E, então, os novos, não só na idade, mas no conhecimento e no sentimento e que devem ser mostrados, avaliados e experimentados num poder mais puro e menos interesseiro. Essa é a virada que o povo brasileiro pode fazer e  comemorar. Esse é "reveillon" que tanto desejamos.      

seta

A confusão nas pesquisas impede a análise

04/12/2017 09:50

                     Não sei se querem estabelecer confusões nas cabeças das pessoas ou se as pesquisas que não são tão oficiais assim e estão sendo divulgadas não merecem todo esse crédito. O país passa por uma crise política das mais difíceis e nomes colocados hoje só servem para criar convulsões cerebrais nos eleitores, já que se sabe que ninguém sabe de nada, muito menos de candidatos que já mereçam estar sendo pesquisados. Lula é o nome posto porque o PT não tem o que fazer com ele. Aécio já era e a dissensão dentro do PSDB leva a um rumo onde nem nomes antigos nem nomes novos podem ser classificados. Bolsonaro é um mito que está sendo criado, talvez por quem esteja com saudades da repressão, da valentia, da força e outras coisas mais que engessaram o Brasil durante tanto tempo. O que nós precisamos é partir em busca de nomes novos que tenham passado irrepreensível que sejam quase unanimidade na sua maneira de agir perante os problemas do país. Nem  com erros do passado, nem com promessas fugazes  do presente que vamos chegar onde precisamos. Um Álvaro Dias, por exemplo, começa a despontar e, por incrível que possa parecer é um político antigo imaculado como governador que foi do Paraná e como senador que é. Não sei. Não ponho a mão no fogo por alguém, mas acho que, ao invés de pesquisas, a hora é de análises, nome a nome, com profundidade e com bom senso. Pesquisa, deixa pra lá. Por enquanto. Nomes bons, na política e fora dela, existem, sim. Em quantidade e em qualidade. Portanto, vamos mudar nossa maneira de escolher e começar de agora a buscar o que interessa.

seta

Nosso VLT no caminho do retrocesso.

11/11/2017 09:15

                      Parece incoerência dizer-se que o VLT está no caminho do retrocesso quando vem sendo bem aceito em várias cidades do mundo e com sucesso absoluto. Mas, vamos e venhamos que há que haver um planejamento muito grande para que ele não seja um empecilho ao trânsito normal da cidade e, muito menos, que se transforme em motivo para acidentes como aconteceu semana passada em que o VLT acabou por atropelar um carro que passava à sua frente. Certo ou errado o motorista do carro, concordemos que outros acidentes podem vir a acontecer e que voltamos ao passado com os velhos sinais sonoros e luminosos de vias férreas, em plena cidade, já se falando até na adoção das velhas cancelas. No caso do trecho em questão, do centro ao Jaraguá, a engenharia deveria ter previsto as passagens de nível nos locais em que houvesse a travessia de carros e de pedestres. Passagens submersas nas transversais, facílimas, até em função do terreno por onde passa o trem. Trem por cima, carros por baixo sem nenhum tipo de transtorno para ninguém. Mas o velho ditado de que só se pensa nas coisas depois do leite derramado cabe perfeitamente para a extensão de linha do VLT que ainda vai dar muita dor de cabeça à muita gente.

 

seta

Primeira Edição © 2011