seta

272 postagens no blog

Os pobres lavam o dinheiro sujo.

15/11/2014 13:47

            Parece até brincadeira ou estória da carochinha, mas não é.

Nesse escândalo todo que envolve a Petrobrás, empreiteiras, partidos políticos e sei mais quem, descobriu-se dentre tantas outras coisas que o dinheiro sujo era enviado a ONGs e instituições de caridade que, obviamente o recebiam como doações importantes e bem vindas.

Só que, por trás dessas instituições estavam exatamente os corruptos do esquema o que fazia com que o dinheiro sujo, já devidamente e legalmente lavado voltasse para suas mãos sem maiores delongas.

Essa é uma das versões que correm por aí no meio desse mar de lama que envolveu a mais importante empresa brasileira e que, há muito pouco tempo ainda era a quarta do mundo.

Não é mais, claro!

Seu valor tem decrescido no mercado mundial e a menos que se faça algo muito importante e transparente em tempo "record", o elevador vai continuar descendo num poço sem fundo.

E os pobres, aqueles que precisavam tanto de ajuda e que recorriam tanto a essas instituições de caridade, fizeram caridade ao inverso e ajudaram os "doadores" a lavarem, bem lavadinho, o seu dinheiro sujo.     

seta

Quem vai matar nossos neurônios?

13/11/2014 07:19

No princípio era brincadeirinha. Orkut,  Twitter, depois chegou o Facebook, Instagram e só os meninos, os jovens brincavam com eles e a coisa foi aparecendo, foi crescendo, os celulares passaram a ser smatphones e recebiam internet.

As bandas largas foram ficando cada vez mais largas, apesar dos problemas ainda existentes.

E aí, tudo isso foi tomando conta das pessoas, incluindo as mais sérias e mais tradicionais e, por todos os lados, só se vê gente teclando e se comunicando, agora também via "What's app", que já apelidaram carinhosamente de zap zap.

Criam-se grupos familiares e corporativos e as comunicações vão, cada vez mais, tornando-se rápidas, instantâneas e, por que não dizer, discretas.

Junte-se tudo isto num belo caldeirão, misture-se bem e dá-se o nome de Rede Social onde o verdadeiro mundo global é criado e cresce assustadoramente.

Não existem mais problemas para se saber o que é isto ou o que é aquilo porque os "Wilkypidias" da vida estão presentes nos celulares e até nos tradutores simultâneos já  estão sendo aperfeiçoados para que você fale no seu celular em português e do outro lado seu interlocutor ouça na sua própria língua.

E o mundo vai teclando, teclando, a cada minuto mais.

Nisso tudo só existe um problema:

Poderemos pensar menos. e pensar menos é tudo o que o mundo não precisa.

Portanto, menos nas teclinhas e mais nos nossos neurônios puros.

seta

Era uma vez um ladrão premiado

08/11/2014 13:48

            Como contar aos nossos netos e bisnetos que, aqui, no Brasil, existia um ladrão que parecia uma ilha cercado de ladrões por todos os lados?

Ladrões que roubavam o povo brasileiro e descaradamente o faziam tirando da maior empresa de petróleo do país e que também era a quarta do mundo.

Um símbolo de vitória , um orgulho para todos, algo que foi trabalhado para levar o nome do Brasil alhures, com todo o patriotismo de que dispúnhamos.

Pois, muito bem, homens se juntaram e em cada posto-chave dessa empresa colocavam laranjas que desviavam seus recursos através de obras contratadas e os distribuíam por políticos mais sujos e mais gatunos do que eles próprios.

Um dia, as coisas começaram a aparecer, os rombos se fizeram ver e, então, uma dos ladrões ganhou um presente:

Ele abriria o jogo, daria nomes aos bois, delataria os comparsas com a cara mais cínica do mundo e, em compensação recebia uma diminuição considerável de sua futura pena graças à sua "imensa" colaboração com as autoridades investigativas.

A isso se dá o nome de delação premiada.

A ele, o ladrão, se dá o nome de "delator premiado".

Antigamente era traidor.

E aos outros?

Que nome poderemos dar aos outros inúmeros ladrões, delatados ou não, que tiram da saúde, da educação e da segurança do nosso povo os bilhões tão necessários?

Ah...eles...todos eles...são corruptos?

Não. São ladrões mesmo.   

seta

Algumas FRASES E PENSAMENTOS de Geraldo Câmara

31/10/2014 08:33

1 – Pensar é o mais libertador de todos os atos da raça humana. Qualquer opressão será sempre provocada por quem pensa. Ou não pensa.

2 – Qualquer pessoa tem dons que nem sabe que tem. Descobri-los é um insano trabalho de interiorização da própria alma.

3 -  A sabedoria vem com o tempo e  quando às vezes chega se esgota o tempo.

4 – Os filhos são a certeza de que, através deles, alguma coisa sua vai seguindo para uma eternidade absoluta.

5 -  A vida é um hardware que precisa constantemente de upgrade.

6 -  Um sorriso falso corresponde à posição da cobra antes do golpe final.

7 -  A televisão é a maior escola do mundo. Vai do lúdico ao crime com o apertar de um botão.

8 – O melhor de viajar é se deixar ser visto por gente que você nunca viu.

9 – A parte de nosso corpo que mais devemos fazer funcionar é a dos neurônios. Como agora.

10 – O cara que mente e acredita na própria mentira é um sujeito altamente persuasivo.

11 – Eu queria falar do presente, mas já é futuro, futuro, futuro, futuro...

12 – Você jamais vai ter idéia do que vai acontecer no minuto seguinte. Seja responsável por ele.

13 – Viver é um eterno dormir e acordar. E quando se acorda começa sempre uma nova vida.

14 -  A diferença entre um homem de bem e o bem de um homem está na conta bancária.

15 - Quem diz que a educação não evoluiu no país é porque não vê que a televisão é a maior escola de criminalidade do mundo.

16 - A verdadeira liberdade do homem e da mulher está nos seus pensamentos. Ninguém sabe, ninguém vê.

17 - Detesto fotografia posada. Não revela o que a pessoa sente no momento. Bom é a flagrada que deixa tudo à mostra..

18 - Os meus programas de televisão são um pouco da vida dos outros e um enorme pedaço da minha própria vida.

19 - O que seria do mundo sem as mulheres? Os homens saberiam muito menos sobre a vida alheia.

20) - O telefone era fantástico até o dia em que descobriram o grampo. Aí ficou como cabeça de mulher cheio de revelações.

seta

Que Deus ajude o povo brasileiro. E à Dilma, claro!

27/10/2014 13:57

              A situação é exatamente esta.

A briga acabou.

Ou tem que acabar.

Quem perdeu, perdeu.

Quem ganhou, ganhou.

Não mais interessa em quem se votou.

Na verdade, o mais importante de tudo é que o povo brasileiro saia ganhando dessa disputa que, cá pra nós, não foi bonita.

As propostas que cheguem, os projetos que sejam priorizados, a segurança que dê o ar de sua graça, a saúde do povo que seja respeitada, a educação priorizada e todos os outros assuntos que fazem parte do desenvolvimento econômico e social deste país o coloquem numa posição menos feia diante do mundo.

Se a situação foi criada por A ou por B ou se foi produto de gestões equivocadas, quero crer, sinceramente, que ninguém é tão ruim que não possa acertar e nem tão bom que não possa errar.

Erros foram cometidos para serem consertados e acertos para serem aperfeiçoados.

Importante é que o novo período presidencial desta nossa república, com a reeleição de Dilma Roussef  busque essa máxima e olhe o povo brasileiro como o mais importante fator de responsabilidade.

Da criança ao mais idoso, todos merecem a atenção em todos os ângulos da vida.

Governar pelo e para o povo é isto.

Questiúnculas não devem ter vez nas posições estadistas que, devem, acima de tudo, serem cercadas de gente competente e honesta.

A pessoa certa no lugar certo é o que se pede à presidente reeleita.

E a Deus, que sempre olhou pelo povo brasileiro, a Sua importante bênção.

seta

Primeira Edição © 2011