seta

762 postagens no blog

Prefeitura de Belém solicita apoio na revisão de limites territoriais

05/12/2017 10:05

O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) é responsável pela formulação e implementação da política agrária e fundiária do Estado, manter serviços de cartografia e geoprocessamento, além de realizar o trabalho técnico o mapeamento sistemático de territórios.

Com o intuito de buscar apoio na revisão dos limites territoriais, estiveram na sede do órgão de terras a deputada estadual Jó Pereira e a prefeita do município de Belém, Paula Santa Rosa. A preocupação é com a perda de território e população, que pode comprometer o coeficiente do Fundo de Participação do Município (FPM).

O diretor-presidente Jaime Silva destacou que esse trabalho é totalmente técnico, sendo essencial na elucidação das dúvidas, contribuindo para a orientação dos gestores municipais na aplicação adequada dos recursos públicos e investimento das políticas públicas, sem cometer ato de improbidade administrativa. “Outra preocupação é a atualização do Censo pelo IBGE. Os dados estão antigos e baseados em projeções e tem municípios que estão sendo sacrificados”, justificou o diretor-presidente.

Eu preciso saber o que realmente pertence a Belém ou não, para investir da maneira correta. Até porque tem áreas que os prefeitos dos outros municípios dizem que são do território deles e até a conta de energia elétrica existe essa dúvida quanto ao endereço. E ainda, com a saída da região do semiárido, o abastecimento de água com o uso dos carros-pipa ficou comprometido”, afirmou Paula Santa Rosa.

Já a deputada ressaltou a importância da obtenção desses dados, o que contribuirá na credibilidade à administração pública. “O nosso Estado está passando por mudanças de padrões, com taxas de natalidade diferenciadas; além do que é uma sociedade em constante transformação. E o município que não estiver com o seu território atualizado terá prejuízos no próximo censo populacional e agropecuário”, analisa Jó Pereira.

A equipe técnica, coordenada pelo técnico de agrimensura Milton Melo, irá a campo no período de 18 a 22 de dezembro para fazer as medições das áreas limítrofes com os municípios de Taquarana, Tanque D´arca, Igaci e Palmeira dos Índios; e ainda, identificar a localização real dos equipamentos públicos.

Outra demanda importante foi a sugestão de audiência pública destinada aos gestores municipais, de preferência na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), para o repasse de informações sobre os trabalhos do Iteral na área da regularização fundiária.

Texto de Helciane Angélica

Fonte : Agencia Alagoas

seta

Semarh retoma campanha para recolher pneus em quatro municípios

28/11/2017 10:20

Reinicia nesta sexta-feira (24) e segue até o sábado (25), mais uma campanha para recolhimento de pneus. A iniciativa é da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

Para esta terceira edição, as parcerias em prol do desenvolvimento desse projeto são: as prefeituras de Maceió, Marechal Deodoro, Rio Largo e Pilar.

Os veículos que irão recolher os pneus saem, a partir das 8h, na sexta-feira, do bairro de Jaraguá, em frente à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). A coleta dos pneus inservíveis ocorre nos municípios de Maceió, Marechal Deodoro, Rio Largo e Pilar.

As prefeituras localizadas na região Metropolitana disponibilizaram pontos para a realização do recolhimento. Somente em Maceió, por exemplo, os veículos irão coletar os pneus em 176 locais.

Posteriormente, os pneus serão encaminhados para a Borracharia do Van, localizada na Chã da Jaqueira, em Maceió. De lá, o material será entregue à empresa Reciclanip, que atua num trabalho de coleta e destinação de pneus inservíveis.

Além de retirar de circulação materiais que muitas vezes ficam jogados em beira de estradas, a campanha também contribui para o combate à proliferação do mosquito aedes aegypti. 

seta

Estado entrega diversos equipamentos agrícolas em Piranhas

24/11/2017 11:44

Pequenos produtores rurais do município de Piranhas receberam do Governo de Alagoas, por meio Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), novos equipamentos para as atividades agrícolas: tanque de leite, kits de irrigação e plantadeira. 

A entrega foi feita na quinta-feira (23) pelo governador Renan Filho e pelo secretário da Agricultura, Antônio Santiago, durante a 8° edição do Governo Presente, no povoado de Piau, aos representantes da associação dos agricultores familiares. 

Santiago destacou que as novas ferramentas vão facilitar as atividades no campo dos pequenos produtores rurais, aumentando a produtividade com menor tempo de ação. 

"A determinação do governador Renan Filho é ter um olhar diferenciado à agricultura familiar e aos pequenos produtores rurais em Alagoas", disse Santiago. 

Para José Alexandre Rocha, presidente da Associação dos Agricultores familiares de Picos, em Piranhas, a ação do governo distribuindo os equipamentos mostra o compromisso do governador Renan Filho com a agricultura familiar. 

"Além de incrementar os trabalhos no campo, os novos equipamentos passam beneficiar milhares de famílias sertanejas", comemora Alexandre. 

Enquanto o tanque de resfriamento de leite vai agregar valor à produção leiteira da região e às atividades dos produtores rurais, a plantadeira passa ser uma aliada no plantio de sementes.

Já os cinquenta kits de irrigação que foram doados pela Seagri vão facilitar as atividades agrícolas, dando mais segurança na produção dos alimentos. 

 

seta

Estado interioriza ações ressocializadoras e melhora a vida do povo sertanejo

21/11/2017 09:59

Contagem regressiva para a oitava edição do Governo Presente. Desta vez, serão beneficiadas mais de 35 mil pessoas no Alto Sertão alagoano. A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) continua fomentando a sua política ressocializadora no interior do Estado, com serviços de qualidade coordenados pelos agentes penitenciários.

Nos dias 23 e 25 de novembro, os servidores da Seris e apenados do regime semiaberto irão para Água Branca, Canapi, Delmiro Gouveia, Inhapi, Mata Grande, Olho D´água do Casado, Pariconha e Piranhas. A Central de Acompanhamento de Penas e Medidas Alternativas irá cadastrar instituições para receber botijões de gás, kits de higiene e lençóis produzidos no presídio.

Além disso, serão doados kits de cama, também confeccionados nos presídios, nas maternidades. Ocorrerão ainda visitas técnicas para acompanhar as obras de reforma da Casa de Custódia de Delmiro Gouveia, além da base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Piranhas e à Escola Municipal em Água Branca. As instituições recebem serviço de manutenção dos custodiados do projeto “Uma Nova História”.

Em Delmiro Gouveia, haverá um encontro psicossocial com os egressos, assinatura de termos de compromisso para empregar reeducandos nas escolas públicas estaduais situadas naquele município. Em Água Branca, a agenda da Seris terá com o Prefeitura de Delmiro Gouveia para discutir assuntos referentes a Central de Acompanhamento de Penas e Medidas Alternativas.

Os internos da 32ª Delegacia Regional também receberão atendimentos da Gerência de Saúde da Seris. Ocorrerão serviços de vacinação e aplicação de testes rápidos para detecção de doenças infecciosas. Nos três dias do Governo Presente haverá a exposição dos produtos artesanais confeccionados na Fábrica de Esperança, situada no Complexo Penitenciário, em Maceió.

seta

Abastecimento de Palmeira dos Índios recebe investimentos de R$ 3 milhões

20/11/2017 07:28

A Estação de Tratamento de Água (ETA) de Palmeira dos Índios está passando por obras que somam um investimento de R$ 3.077.163,20, aplicados pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e pelo Governo do Estado. O objetivo é ampliar a estação, garantindo a oferta de uma maior quantidade de água e numa melhor qualidade para aproximadamente 50 mil palmeirenses.

As obras, que tiveram início em setembro deste ano, preveem a implantação da filtração convencional de ciclo completo – atualmente é do modo dupla filtração – e um sistema de tratamento e destinação de efluentes provenientes da lavagem dos filtros e decantadores, além do reaproveitamento da água de lavagem.

“Além de garantir mais água para Palmeira dos Índios, a ETA estará totalmente adequada às normas ambientais. É um investimento da Casal e do Governo do Estado, por determinação do governador Renan Filho, para os moradores e as gerações futuras da cidade”, ressaltou o presidente da companhia, Clécio Falcão.

Ao final das obras, previsto para fevereiro de 2018, podendo ser antecipado, a capacidade de tratamento da ETA vai passar para 540 metros cúbicos de água por hora. “Essa ação é mais uma realizada pela atual gestão, com apoio do governo, para dar segurança hídrica a Palmeira dos Índios. Outra iniciativa fundamental foi a limpeza da barragem Carangueja, no período de seca, e que agora está cheia, o que dá ainda mais qualidade ao produto ofertado aos palmeirenses”, completou Clécio Falcão. Segundo ele, as obras da ETA fazem parte do Plano de Investimentos da companhia.

seta

Primeira Edição © 2011