Com três de Ary Borges, Brasil goleia o Panamá por 4 a 0 na estreia da Copa

Em atuação de gala na estreia, Brasil vence e assume o primeiro lugar do Grupo F

24/07/2023 10:14

A- A+

Terra

compartilhar:

Ary Borges marcou três vezes na estreia do Brasil

Ary Borges marcou três vezes na estreia do Brasil

Foto: Thais Magalhães/CBF

Seleção Brasileira estreou nesta segunda-feira, 24, com vitória por 4 a 0 sobre o Panamá. Numa atuação dominante e superior, o Brasil mostrou porque era o favorito da partida. Ary Borges foi o nome da partida, em sua primeira Copa do Mundo, a atleta marcou uma Hat-Trick na vitória. 

 A equipe liderada por Pia Sundhage entrou em campo com a formação clássica de 4-4-2. A escalação não teve muitas novidades, exceto na zaga, onde Lauren entrou para substituir Kathellen, que sentiu uma fisgada e foi preservada. No ataque, ainda era dúvida quem seria a dupla de Debinha, mas como esperado, Bia Zaneratto foi a escolhida. 

O time do Panamá chegou com uma linha de cinco na defesa, e quatro no meio. Pronto para defender. Mas a Seleção Brasileira conseguiu desestruturar a defesa e se infiltrar com facilidade.

Primeiro Tempo

Comemoração no primeiro gol de Ary Borges

Comemoração no primeiro gol de Ary Borges

Foto: Thais Magalhães/CBF

O jogo começou com o Brasil acelerado, o primeiro ataque e chute ao gol aconteceu antes do primeiro minuto, com uma jogada que começou de trás. Bia Zaneratto avançou em velocidade e a meia Adriana apareceu para chutar ao gol, mas a goleira Yenith Bailey pegou a bola. 

Durante toda partida, o papel do Panamá foi se defender. O Brasil jogava bem, com muitas criações. Quando perdia a bola, se recuperava rapidamente, aproveitando a desorganização da defesa do Panamá. 

Aos 19 minutos, após muita pressão e algumas tentativas, o primeiro gol do Brasil. Debinha recebeu de Tamires na esquerda, cortou para o meio, e avistou Ary Borges dentro da área. A camisa 9 fez um belo cruzamento para Ary cabecear e marcar.  

Luana foi um destaque no meio de campo. A volante participava tanto na defesa, quanto no ataque. Aos 35, ela obrigou a goleira Bailey a fazer uma bela defesa após receber a bola na entrada da área e chutar forte.

Aos 39, Ary Borges marcou o segundo. O Brasil conseguia chegar com facilidade pelos lados, e novamente em uma jogada pela esquerda, com participação de Tamires, que fez um bom cruzamento para área, Ary estava lá novamente, ela chutou, a goleira fez uma bela defesa, mas no rebote, a camisa 17 marcou.

O primeiro tempo terminou em 2 a 0, com domínio total do Brasil. As Guerreiras tinham 74, 4 % de posse de bola contra 25,6%.

Segundo Tempo

Ary Borges e Kerolin comemoram gols

Ary Borges e Kerolin comemoram gols

Foto: Thaís Magalhães/CBF

A segunda etapa começou movimentada. Logo aos dois minutos, o Brasil marcou o terceiro. Debinha cruzou para área, Ary Borges recebeu na frente do gol e decidiu rolar para Bia Zaneratto que chutou com força e marcou. 

A goleira Lelê só trabalhou pela primeira vez aos 12 da segunda etapa. Após recuperar a bola, Baltrip-Reyes recebe na ponta esquerda, cortou para o meio e finalizou, mas Lelê segurou firme. 

O Panamá subiu a marcação, e aos 19, a defesa do Brasil não segurou o ataque, Tanner se aproximou do gol e Lelê saiu da área e fez o corte. A partir dos 20 minutos, o Brasil diminuiu o ritmo. A equipe passou a criar menos e sofreu ataques do Panamá em alguns momentos. 

Mesmo com menos pressão, o Panamá deu espaço para a Seleção fazer o quarto. Aos 24, Ary Borges fez seu hat-trick. Geyse cruzou da esquerda para a camisa 17 dentro da área. que cabeceou e marcou. 4 a 0 para o Brasil.

Aos 29, Pia colocou Marta no lugar de Ary Borges. Nos minutos finais, o Brasil voltou a colocar pressão e o jogo se deu quase todo no compo do Panamá. Nos acréscimos, Marta teve a oportunidade de se tornar a únca jogadora a marcar em seis edições de Copa do Mundo, após falta na entrada da área, mas a goleira defendeu. 

Aos 43, o Brasil ainda passou um sufoco após saída de bola errada, Tanner chutou cruzado, mas Lelê defendeu. A partida se encerrou em 4 a 0 para a Seleção Brasileira.

Próximo Jogo

Seleção estreia na Copa feminina de 2023

Seleção estreia na Copa feminina de 2023

Foto: Thaís Magalhães/CBF

A próxima partida do Brasil é contra a França, neste sábado, 29, a partir das 7h. 

Primeira Edição © 2011