Sonhar é Importante?

Por que algumas pessoas sonham mais que outras?

01/12/2021 13:23

A- A+

Redação

compartilhar:

Dormir é uma necessidade fisiológica e boas noites de sono são essenciais para a saúde física e mental dos seres humanos – e de outros animais também.

É durante o sono que acontecem o relaxamento muscular, a fixação da memória recente e, entre várias outras coisas, o sonho.

Para algumas pessoas, o sonho é algo desimportante e há até quem acredite que não sonha todas as noites, o que não é verdade.

Os sonhos estão presentes em absolutamente todas as vezes em que o sono atinge o estágio REM (Rapid Eyes Movement), o que acontece sempre que uma pessoa dorme por mais do que alguns minutos.

Quem fala que não sonha, ou que só sonha de vez em quando, na verdade, não se lembra do que sonhou, mas com certeza, sonhou, e fez isso mais de 3 ou 4 vezes todas as vezes que dormiu na vida.

Há pessoas que sonham tanto que dizem acordar cansadas, como se tivessem vivido todos os sonhos que tiveram durante a noite, o que pode ser um sinal de que a saúde do sono está prejudicada e merece atenção.

Mas, quando o assunto é sonho, há mais do que questões de saúde e diferenças entre pessoas que se lembram e não se lembram dos sonhos. Há muito, muito mistério envolvido no tema.

Há milênios, estudiosos buscam compreender o que significam os sonhos humanos.

Há registros da interpretação dos sonhos em livros antigos e sagrados, como a Bíblia, histórias de pessoas que mudaram o rumo da humanidade com inspirações através de sonhos, músicas compostas por grandes nomes como John Lennon que vieram através da inspiração onírica e muitas outras histórias que fazem com que milhões de pessoas continuem tentando entender o motivo de sonharem com certas coisas, histórias, ícones e até com mensagens supostamente vindas de outros planos espirituais.

Sites como o Apsique e o Lapsiche, que apresentam o significado de certos tipos de sonhos, recebem milhares de acessos diários de pessoas tentando compreender se o que sonharam na noite anterior continha uma mensagem digna de atenção. Mas, o que dizem os especialistas sobre a interpretação de sonhos?

Segundo Sigmund Freud escreveu em 1900, os sonhos são, antes de tudo, manifestações da libido das pessoas.

Para ele, os sonhos, ainda que sem nenhum contexto erótico ou sensual, desde a infância, estariam relacionados com a sexualidade do indivíduo.

Além disso, segundo sua análise, os sonhos conteriam dois tipos de mensagens do subconsciente para o sonhador: uma mensagem clara e explícita e outra, subliminar. Geralmente, a mensagem que está mais clara é a menos importante e a que está escondida por trás do sonho, seria muito mais profunda e digna de atenção e observação.

A descoberta, nesses casos, é completamente individual e, geralmente, feita através de análises terapêuticas, com a ajuda de profissionais.

Você já teve algum sonho que considerou importante? Conhece alguma história sobre isso?

Compartilhe esse conteúdo e deixe o seu comentário!

Redação: Bruna Bozano.

 

Primeira Edição © 2011