07 de abril Dia do Jornalista

Triste: no Dia do Jornalistas, morte de profissionais por Covid beira 1 mil no mundo

07/04/2021 18:01

A- A+

MediaTalks by JCia

compartilhar:

Era para ser parabéns pelo Dia do Jornalista. Embora a coragem dos profissionais de imprensa na pandemia seja digna de celebração, o dia começa com mais uma notícia preocupante. 

 

O Brasil voltou ao topo da lista de países com mais jornalistas mortos pela Covid-19. O acompanhamento é feito pela Press Emblem Campaign. A conta já está perto dos 1 mil, e é possível que a triste marca seja batida hoje.

Há o que fazer? No Zimbábue, a imprensa foi colocada como prioridade entre os profissionais que estão recebendo a vacina, o que a Press Emblem cobra que seja feito em todo o mundo. Entre os mais jovens da lista da entidade está um brasileiro, que perdeu a vida aos 26 anos. Entre as mais velhas, uma das mais famosas jornalistas da Índia. 

 

 

Como melhorar a cobertura sobre a vacinação contra a Covid-19, no mar de desinformação e incertezas? - O Knight Center continua oferecendo um valioso curso para jornalistas que estão cobrindo a pandemia, gratuito e online. E a IJNet preparou uma lista de recomendações para que as matérias sobre o coronavírus sejam mais bem fundamentadas e facilmente entendidas, evitando as armadilhas dos estudos clínicos e abordando tópicos essenciais para a compreensão do público.

 

Quem são os mais influentes jornalistas internacionais? - No Dia do Jornalista, vale a pena conferir a lista que a New Broadcast Journalism School da New York Film Academy preparou, reunindo os 10 profissionais que considera mais influentes e que merecem ser seguidos. A relação tem 11, porque inclui Bob Woodward, hors-concours de qualquer lista. Juntos, os indicados têm mais de 10 milhões de seguidores no Twitter - a campeã é Christine Amampour, com 3 milhões.

Primeira Edição © 2011