Dodô admite que amizade com Militão ficará de lado

"A partir do momento em que a bola rolar, seremos 11 contra 11. Será um ambiente frio",

30/11/2020 12:53

A- A+

EFE

compartilhar:

O lateral-direito brasileiro Dodo, do Shakhtar Donetsk, afirmou nesta segunda-feira que a amizade com o zagueiro compatriota Éder Militão, do Real Madrid, ficará de lado amanhã, quando as duas equipes se enfrentarão pela quinta rodada do grupo B da Liga dos Campeões.

"A partir do momento em que a bola rolar, seremos 11 contra 11. Será um ambiente frio", admitiu o ex-Coritiba, em entrevista à Agência Efe.

Primeira Edição © 2011