Portal reúne serviços que podem ser realizados online

Plataforma foi lançada durante transmissão ao vivo em redes

23/06/2020 14:08

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

O Governo de Alagoas lançou, nesta segunda (22), uma plataforma que visa reunir os serviços digitais do Estado em um só ambiente. Chamado de Alagoas Digital, o portal, que deve facilitar o acesso a esses serviços, principalmente no período de isolamento social, foi apresentado durante uma transmissão ao vivo feita pelo secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques Santos e pelo secretário de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Rodrigo Rossiter, nas redes sociais do governo.

Disponível nesse endereço eletrônico, a ferramenta, que está em sua versão inicial, já conta com mais de 50 serviços digitais disponíveis, tais como emissões de diversos tipos de certidões, guias de arrecadação para tributos estaduais como o IPVA e ICMS, requerimentos, serviços do Detran como a solicitação de 2ª via da CNH, serviços do Sine e da SRTB, como o seguro-desemprego, da Casal, entre outros.

“Alagoas tem se destacado muito pelo avanço em termos de inovação e melhorias no serviço público, pela simplificação e oferecimento de comodidade ao cidadão. Essa é uma agenda nacional, que envolve muita troca com outros Estados, que já vem sendo desenvolvida há algum tempo e que, nesse momento, se torna ainda mais importante. Vamos seguir trabalhando muito nesses próximos meses para aumentar a prestação de serviços na plataforma e garantir mais facilidade para todos”, pontuou o secretário titular da Seplag, Fabrício Marques Santos.

Ao clicar sobre o serviço desejado, além de contar com a opção de realizá-lo, é possível ter informações sobre os custos necessários, caso haja as etapas e o tempo de realização, o público-alvo a quem se destina, entre outras coisas.

A plataforma, que foi desenvolvida pela Seplag em parceria com a Fapeal, Secti e Itec, traz também um catálogo com informações de mais de 1900 serviços públicos, uma área destinada para os aplicativos do governo voltados para a população e, também, um espaço da Ouvidoria, no qual os cidadãos podem tirar suas dúvidas, fazer reclamações, sugestões ou elogios em relação à prestação de serviços do Estado.

“Esse é um grande passo dado por Alagoas. A Secti é parceira desse projeto e vem trabalhando de forma transversal com os demais órgãos para que consigamos implementar ainda mais serviços nessa ação que é tão importante para o Estado”, afirmou o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Rodrigo Rossiter. 

Primeira Edição © 2011