Governo socorre municípios afetados pelas chuvas

Previsão é de diminuição do volume de água nos próximos dias

17/06/2020 20:42

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

Dos rios monitorados pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), na tarde desta quarta-feira (17), apenas o Jacuípe, na região Norte, permanece acima do nível normal. 

Mesmo classificado pelo Boletim Hidrológico da Semarh como “em alerta de cheia”, a tendência é que as águas comecem a baixar, uma vez que se estabilizaram.  Ainda de acordo com o Boletim, a previsão aponta para a diminuição no volume de chuvas nos próximos dias. Com a melhora do tempo, o Governo do Estado intensificou os trabalhos de reparo e a ajuda aos municípios afetados.

Segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, Moisés Pereira de Melo, o volume pluviométrico   está dentro do previsto para o período em Alagoas. Ele ressaltou, entretanto, que mesmo com o tempo abrindo e o nível dos rios baixando, a Defesa Civil Estadual permanece em alerta.

“Vamos continuar o monitoramento das águas dos rios e das chuvas que vão cair. Emitiremos os alertas, caso seja necessário, para que a população saia das áreas de risco”, afirmou o coordenador da Defesa Civil Estadual que, na terça-feira (16), esteve reunido com o governador Renan Filho no Palácio República dos Palmares, avaliando os danos causados pelas chuvas em Alagoas.

Reparos intensificados nas rodovias 

Renan Filho afirmou que o Governo do Estado permanece atento e determinou que os órgãos de infraestrutura, sobretudo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), intensifiquem os trabalhos de reparo dos trechos afetados pelas fortes chuvas, principalmente nas rodovias que cortam a Região Norte de Alagoas, onde foram registrados erosões e deslizamentos de terra sobre o asfalto.

 

“Eu determinei que tanto a Defesa Civil, como os outros órgãos, especialmente o DER, redobrem a atenção e os trabalhos. Vamos também cuidar das pessoas que foram afetadas pelas chuvas. Estamos atentos”, enfatizou Renan Filho, que manteve contato com todos os prefeitos das cidades atingidas.

 

“Estamos com várias equipes atuando em todo o Estado”, acrescentou o superintendente de Obras do DER, Iran Menezes. Um dos trechos mais afetados fica na AL-460, onde uma das cabeceiras da ponte sobre o rio Tapamundé, em Porto Calvo, ruiu com as forças das águas, na noite de segunda-feira (15).  A rodovia liga este município a Porto de Pedras. 

No dia seguinte, equipes do DER iniciaram os serviços de reparo. Segundo o engenheiro residente do órgão para a Região Norte, Vicente de Oliveira, 95% do trabalho de restauração já foi executado e o tráfego de veículos será restabelecido ainda nesta quarta-feira (17).

“Após a colocação da brita, os veículos já poderão voltar a circular. Em seguida, faremos a recomposição do asfalto”, informou Oliveira. Ainda de acordo com ele, outros pontos afetados também estão recebendo reparos do DER na região Norte do Estado. Nenhum deles, porém, registra interrupção no tráfego de veículos. 

“Já fizemos a limpeza e agora estamos passando o pente-fino, varrendo o que restou, entre São Luís do Quitunde e Matriz de Camaragibe, bem como de Porto Calvo a Japaratinga, onde ocorreu uma erosão. Em seguida, faremos a recomposição do asfalto”, informou o engenheiro do DER.

Primeira Edição © 2011