Semtel discute ações conjuntas com Aeroporto e Terminal Rodoviário

23/05/2020 11:16

A- A+

Ascom Semtel

compartilhar:

Com o intuito de avançar no alinhamento de ações de preparação para a retomada da atividade turística após a pandemia, a Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) tem realizado reuniões segmentadas com setores específicos do turismo local. Na tarde desta sexta-feira (22), um encontro virtual com representantes do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares e do Terminal Rodoviário de Maceió serviu para discutir ações conjuntas a serem adotadas nos dois principais portões de entrada de turistas em Maceió.

Levando em consideração as especificidades de gestão de cada espaço, a equipe da Semtel buscou apresentar medidas que possam ser compartilhadas pelos dois terminais com base no Protocolo Experimente Maceió. O conjunto de definições tem como ponto de partida elencar pontos comuns na formulação de medidas em parceria, tendo como foco a realização de ações que incrementem a hospitalidade e segurança na recepção ao turista.

De acordo com o gestor da Semtel, Jair Galvão, a Prefeitura de Maceió tem buscado cada segmento específico da atividade turística com o intuito de angariar propostas e sugestões para a consolidação do Protocolo Experimente Maceió.“Esse encontro de hoje faz parte da sequência de reuniões com segmentos importantes do setor turístico local, tendo em vista a retomada das atividades pós pandemia. Poder dialogar com a gestão dos dois principais portões de entrada de turistas no destino Maceió é fundamental para que a gente consiga adotar medidas conjuntas entre a administração pública e as empresas responsáveis pela gerenciamento de cada um desses espaços”, afirmou.

Sob gerenciamento da empresa espanhola Aena, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, segue uma lista de protocolos desenvolvidos pelo governo federal, através da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Já a rodoviária de Maceió, administrada pela Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart), conta com um protocolo próprio recém-concluído que será encaminhado à equipe da Semtel a fim de compor o planejamento que vem sendo desenvolvido com os todos os outros segmentos.

Entre as sugestões apontadas no encontro, estiveram em pauta propostas como a condução de campanhas informativas, e também promocionais, veiculadas principalmente por meio da qualificação do serviço nos Centro de Atendimento ao Turista (CAT), nas duas localidades, o restabelecimento da confiança dos visitantes, além da ampliação de medidas que regulamentem, por exemplo, o uso de máscaras em ambos os espaços.

Atualmente operando com apenas seis linhas diárias, com o início da flexibilização e consequente retorno da atividade turística, a rodoviária de Maceió deve ampliar consideravelmente o fluxo de passageiros, tendo em vista as previsões de um incremento esperado em relação ao turismo regional. Já no caso do aeroporto, com a atual redução da malha aérea, o avanço da retomada deve se dar a partir de uma série de medidas orientadas pelos órgãos do governo federal, assim como pelas companhias aéreas, o que deve estimular o retorno dos visitantes.

Medidas com guias de turismo

Já em uma outra reunião realizada com entidades que representam guias de turismo, a equipe da Semtel apresentou e ouviu propostas que devem ser adotadas por esses profissionais assim que for possível um retorno às atividades.

Na oportunidade, foram elencadas propostas como a criação de um guia básico para os guias de turismo por meio de uma parceria entre a Semtel e o Sindicato dos Guias de Turismo do Estado de Alagoas (Singtur-AL). O material, que deverá conter medidas indicadas para a recepção ao turista no aeroporto e rodoviária, tem como objetivo mostrar aos visitantes que o destino Maceió está preparado para a nova realidade imposta pela pandemia, com a adoção de um protocolo de cuidados junto aos viajantes.

Além do Singtur, representantes da Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur) também participaram da reunião.

Primeira Edição © 2011