Reino Unido tem mais 351 mortes e alta nos novos casos de Covid-19

22/05/2020 15:42

A- A+

EFE

compartilhar:

O Reino Unido registrou nas últimas 24 horas mais 351 mortes em decorrência da Covid-19, a doença registrada pelo novo coronavírus, o que eleva o total no país desde o início da pandemia para 36.393.

Além disso, foram identificados 3.287 casos de infecção de ontem para hoje, o que indica um aumento na comparação com o boletim anterior, em que foram contabilizados 2.615.

Apesar da alta no contágio, o governo britânico mantém a programação de reabertura de escolas, apenas na Inglaterra, a partir de 1º de junho. A medida, no entanto, tem sido alvo de críticas e oposição de lideranças educacionais.

O Grupo de Assessores Científicos para Emergências do Executivo (Sage, pela sigla em inglês), publicou hoje um relatório em que aponta que os testes "seguem sendo pouco conclusivos" para determinar o grau de suscetibilidade das crianças ao coronavírus, além da capacidade de infectar outras pessoas.

"Ainda assim, o conjunto de evidências sugere que, em ambos os casos, as crianças estão abaixo dos adultos", apontam os especialistas.

Um comitê independente, presidido pelo antigo conselheiro do governo David King, considera que está cedo demais para a Inglaterra reabrir as escolas.

"Segundo adiante com essa perigosa decisão, o governo está arriscando a saúde de nossas comunidades e aumentando a possibilidade de um segundo pico", disse o pesquisador, que propõe adiamento da medida em duas semanas, pelo menos.

Hoje, as autoridades britânicas apontaram que a taxa de contágio, chamada de R0, está girando em torno de 0,7 a 1, em todo o Reino Unido. Segundo o primeiro-ministro, Boris Johnson, esse índice é crucial para que o calendário de reabertura siga valendo.

Para o chefe de governo, se o índice for além de 1, as medidas de confinamento podem voltar a vigorar. EFE

Primeira Edição © 2011