Irã tem novas 143 mortes pelo coronavírus e se prepara para fechar cidades

25/03/2020 17:14

A- A+

EFE

compartilhar:

O Ministério da Saúde do Irã anunciou nesta quarta-feira que foram registradas 143 novas mortes em decorrência da infecção pelo novo coronavírus, elevando o total para 2.077, o que fará com que as medidas restritivas sejam intensificadas.

Segundo dados revelados pela pasta, nas 24 horas de contabilização do boletim mais recentes, 2.206 novos casos foram identificados. Com isso, o número geral chega a 27.017. Já 9.625 receberam alta até hoje.

O presidente do Irã, Hassan Rohani, admitiu hoje, durante reunião da cúpula do governo, que depois de passar por uma "primeira onda", o país pode passar nos próximos dias por uma nova.

O chefe de governo garantiu não haver, momentaneamente, escassez de leitos, médicos e enfermeiros, inclusive, nas unidades de tratamento intensivo, mas destacou a importância de adotar medidas ainda mais restritivas.

Shoppings e lojas já foram fechadas, com isso, foram mantidos apenas os estabelecimentos de alimentação e de itens de primeira necessidades receberam autorização para seguirem funcionando.

O porta-voz do governo, Ali Rabiei, admitiu hoje que será imposta uma proibição de saída das cidades.

As autoridades locais estão orientando que as pessoas que viajaram por causa do Ano Novo Persa, voltem imediatamente para casa, antes do fechamento das cidades de origem.

Nesta quarta-feira, as Forças Armadas iranianas inauguraram em Teerã um hospital de campanha com 2 mil leitos, com capacidade de ampliação para mais 1 mil. EFE

Primeira Edição © 2011