Comitê suspende treinamento de seleções paralímpicas

17/03/2020 17:27

A- A+

Agência Brasil

compartilhar:

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) suspendeu as atividades das seleções de atletismo, natação e tênis de mesa no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. As equipes utilizam a instalação diariamente na preparação para a Paralimpíada de Tóquio (Japão). A decisão segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), de se evitar aglomerações de pessoas, em meio à pandemia global do novo coronavírus (Covid-19).

Na última semana, o CPB cancelou as competições marcadas para o CT até 5 de junho, como o Open Internacional Loterias Caixa de natação e atletismo paralímpicos. Esta competição valia índices para os Jogos de Tóquio. Na ocasião, o comitê também suspendeu treinamento de clubes e de escolas de esportes na estrutura. Em fevereiro, a entidade anunciou que não poderia receber dois eventos internacionais (parabadminton e esgrima em cadeira de rodas) pelo risco de contaminação de profissionais e esportistas que utilizam o centro.

"O Comitê Paralímpico Brasileiro é uma organização que trabalha com o mais alto rendimento do esporte paralímpico nacional. Buscamos sempre a excelência no desempenho dos nossos atletas. Nossos resultados demonstram cabalmente a eficácia das nossas ações. Inobstante, nossa prioridade sempre foi com o ser humano, com a saúde, segurança e integridade da comunidade paralímpica", afirma o comitê em nota oficial.

"Com esta medida [cancelamento das atividades esportivas no CT], uma parte dos nossos funcionários estará em férias e a outra trabalhará em regime de home office, cabendo a uma parcela minoritária, de imprescindível atuação, o trabalho presencial. Esperamos, desta maneira, minimizar os efeitos desta difícil realidade para aqueles que fazem parte do movimento paralímpico brasileiro", conclui o comunicado assinado pelo presidente do CPB, Mizael Conrado.

O CT permanece fechado para treinos até 5 de junho ou até o "restabelecimento da normalidade, de acordo com as autoridades sanitárias", segundo a nota. A interrupção nas atividades é mais uma baixa na preparação dos atletas para Tóquio, após uma série de eventos-teste e torneios qualificatórios serem cancelados pelo avanço do novo coronavírus pelo mundo. Segundo o Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), 42 competições paralímpicas (de verão e inverno) até maio já foram suspensas.

Primeira Edição © 2011