Turquia começará a patrulhar nordeste da Síria com a Rússia na sexta-feira

31/10/2019 13:16

A- A+

EFE

compartilhar:

A Turquia começará na sexta-feira a patrulhar junto com a Rússia o nordeste da Síria para verificar a retirada das milícias curdas do território, segundo anunciou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

"Iniciaremos as patrulhas conjuntas com a Rússia nesta sexta-feira. Se observarmos que os terroristas não se retiraram, nos reservamos o direito de agir", disse Erdogan em discurso em Ancara nesta quarta-feira.

As patrulhas mencionadas estão previstas no acordo selado por Erdogan e o presidente russo, Vladimir Putin, no último dia 22.

A meta da operação é garantir a ausência das milícias curdas Unidades de Proteção do Povo (YPG) - que o governo turco considera terroristas - em uma zona na fronteira entre Síria e Turquia. Ontem expirou um cessar-fogo de 150 horas da ofensiva militar turca contra essas milícias, iniciada em 9 de outubro.

De acordo com o governo russo, a retirada das YPG de uma região entre as cidades sírias de Tell Abyad e Ras al-Ayn, cujo controle foi assumido pelo Exército turco durante a ofensiva no país vizinho, foi concluída no prazo previsto.

Erdogan ressaltou nesta quarta-feira que a Turquia voltará a atacar as milícias curdas se descobrir que ainda presentes na região. EFE

Primeira Edição © 2011