Sem medo de ser feliz

19/10/2019 08:34

A- A+

Geraldo Câmara

compartilhar:

                 Como muitos já sabem esta semana foi de satisfação por ver que a justiça foi feita em relação a dois inquéritos que me foram imputados pelo Conselheiro do Tribunal de Contas, Anselmo Brito, acusando-me de improbidade e de peculato. Isto há três anos atrás, quando de minha primeira ascensão a Diretoria de Comunicação daquela instituição. Para lembrar, o referido senhor me acusava de usar a TV Cidadã, instalada na minha gestão e sob a presidência de Otávio Lessa, para fins comerciais, para proveito próprio e cobrança de "jabás", o que na linguagem de rádio e tv quer dizer cobrar propina. Quiseram os promotores e juiz concluir por minha inocência em ambos os inquéritos por absoluta falta de provas e atipicidade dos processos. O referido Conselheiro, useiro e abuseiro do direito de autoridade tem perseguido outros servidores do tribunal, gratuitamente e perseguidamente, o que precisa terminar. Vários processos já está sendo avolumados dentre servidores do TCE e dentre eles, obviamente, estará o nosso visando o ressarcimento dos prejuízos morais e materiais que nos foram imputados gratuitamente. Na época dei todas as respostas que precisava dar e, agora, vamos às outras no momento certo em que nossos advogados nos instruírem. No mais, sem desejar mal a ninguém apenas capturando o ditado popular  de que vivo e viverei "sem medo de ser feliz".   

Primeira Edição © 2011