Corinthians conquista vaga inédita na Copa Sul-Americana

30/08/2019 13:56

A- A+

Agência Brasil

compartilhar:

Mais de 57 mil torcedores foram ao Maracanã com a expectativa de uma grande partida entre Fluminense e Corinthians. A maioria tricolor levava a esperança de um time renovado com a estreia do técnico Oswaldo de Oliveira. Os paulistas chegaram confiantes em uma equipe mais equilibrada para sair com a classificação. Melhor para o Corinthians, que passou para a semifinal da Copa Sul-Americana após o empate em 1 a 1 com os cariocas na noite desta quinta-feira. Como o confronto de ida terminou 0 a 0, o Timão se beneficiou pelo critério de gol fora de casa e agora enfrenta o Indenpendiente del Valle, do Equador.

O jogo começou tenso. Mesmo tentando sufocar os visitantes, o Fluminense esbarrava na dificuldade técnica e em um sistema defensivo atrapalhado, que deixava espaço para contra-ataques. Assim, o Timão quase abriu o placar em um lançamento longo de Pedrinho para Vágner Love, que chutou de direita e obrigou Muriel a fazer grande defesa. Logo depois o goleiro tricolor saiu errado e entregou a bola nos pés de Matheus Vital. O camisa 22 driblou a zaga, mas finalizou em cima de Muriel. O Fluminense chegou com perigo apenas uma vez na primeira etapa. Em cobrança de falta, Nenê chutou forte de longe, e Cássio espalmou.

O Fluminense voltou afoito para o segundo tempo e o Corinthians aproveitou. Clayson fez bela jogada pela direita e cruzou. A bola desviou na defesa e Pedrinho concluiu. 1 a 0 aos 9 minutos. Desesperado, o Flu se lançou ao ataque. O empate só veio aos 37 minutos, com gol de cabeça de Pablo Dyego, que o árbitro de vídeo demorou 4 minutos para confirmar. A torcida inflamou o Maracanã e acreditou na virada, mas a reação parou por aí. No fim, a festa foi do Corinthians.

Se não apresentou um futebol bonito, o Timão mais uma vez mostrou ser bastante competitivo e objetivo, assim como o técnico Fábio Carille, que resumiu em poucas palavras a atuação do Corinthians.

“Foram 16 finalizações contra 10 do adversário, na casa do adversário. Objetivo alcançado. Estou muito feliz com o desempenho da equipe. O objetivo era passar para a semifinal da competição e conseguimos”.

No Fluminense, o técnico Oswaldo de Oliveira lamentou o gol em contra-ataque logo no começo da segunda etapa.

“Jogamos com um adversário que explora muito o contra-ataque. Eles fizeram um gol no que eles são fortes e nós fizemos o gol no que nós treinamos. Sabíamos que as oportunidades iam acontecer. Infelizmente como não fizemos gol lá, precisávamos evitar sofrer aqui. Isso aumentou muito a nossa dificuldade.”

Corinthians e Fluminense entram em campo novamente neste fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. O Timão recebe o Atlético-MG na Arena Corinthians, domingo, às 19h. O Tricolor enfrenta o Avaí, segunda-feira, no Maracanã, às 20h.

Primeira Edição © 2011