Governo da Nicarágua liberta jornalistas, camponeses e estudantes opositores

11/06/2019 17:49

A- A+

EFE

compartilhar:

O governo da Nicarágua libertou nesta terça-feira um grupo de 56 pessoas entre os chamados "presos políticos", com base na polêmica Lei de Anistia, aprovada no sábado pela maioria sandinista da Assembleia Nacional.

Entre os libertados também estão três dirigentes camponeses, que tinham sido condenados por um juiz ligado ao presidente do país, Daniel Ortega, a mais de 150 anos de prisão cada um.

Primeira Edição © 2011