Médicos são capacitados para tratar doenças crônicas

15/05/2019 15:32

A- A+

Ascom SMS

compartilhar:

A Gerência de Atenção às Doenças Crônicas da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu, nesta quarta-feira (15), no Centro Universitário Tiradentes, uma capacitação para médicos da Atenção Básica do Município. O treinamento teve como objetivo promover o aperfeiçoamento dos profissionais para práticas de prevenção, tratamento e acompanhamento de usuários do SUS portadores de doenças como hipertensão, diabetes e obesidade.

Segundo Andréa Barboza, gerente de Atenção às Doenças Crônicas da SMS, o encontro faz parte do programa de qualificação permanente dos profissionais. “Todos os anos promovemos quatro momentos direcionados aos profissionais onde passamos todas as orientações sobre a rede de cuidados aos pacientes crônicos. É um trabalho que já desenvolvemos há três anos com o objetivo de fortalecer a linha de cuidados e é um trabalho constante, pois sempre lidamos tanto com novos pacientes quanto com novos profissionais, que precisam saber identificar esses usuários e tomar as medidas cabíveis no momento correto”, explicou.

Para a gerente, com treinamentos constantes e profissionais qualificados, os índices de complicações por conta dessas doenças têm caído em Maceió. “Esse é o segundo ano consecutivo que a SMS consegue ter um indicador positivo em relação à mortalidade de pacientes crônicos. Então sempre reforçar e fortalecer essa linha de cuidados é fundamental. Linha de cuidados que se inicia na Atenção Básica e percorre outros serviços da nossa rede, passando por nosso parceiro, o Hospital Universitário, que é onde ocorrem as cirurgias bariátricas, porém estamos trabalhando para que cada vez menos pessoas precisem dela”, reforça.

Cerca de 50 médicos da Atenção Básica participaram da capacitação. “Estamos muito felizes com a adesão significativa desses profissionais. A Educação Permanente é uma ferramenta muito importante para o melhor cuidado com esses pacientes”, avalia Andréa Barboza, gerente de Atenção às Doenças Crônicas da SMS.

Palestrantes

A capacitação ficou por conta do endocrinologista Edson Perroti, diretor médico do Centro de Doenças Crônicas, Diabetes, Obesidade e Hipertensão (CEDOHC) da SMS, do cardiologista José Edvílson Castro Brasil Júnior, médico do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) da Prefeitura de Maceió, e Celina de Azevedo Dias, nutricionista do Programa de Cirurgia Bariátrica do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPPA/Ufal).

Primeira Edição © 2011