AI condena Airbnb por não retirar ofertas de colônias judaicas na Cisjordânia

10/04/2019 19:31

A- A+

EFE

compartilhar:

A Anistia Internacional (AI) condenou nesta quarta-feira o serviço online de aluguel de casas e quartos Airbnb por não retirar as ofertas de hospedagem em colônias judaicas no território palestino ocupado da Cisjordânia, uma decisão que a ONG classificou de "covarde".

A decisão final do Airbnb "será outro golpe devastador para os direitos humanos dos palestinos" e representa "uma renúncia profundamente vergonhosa de sua responsabilidade como empresa" em relação ao respeito do direito internacional humanitário, segundo a AI.

Primeira Edição © 2011