SMTT intensifica fiscalização ao transporte na Faixa Azul

21/03/2019 16:01

A- A+

Ascom SMTT

compartilhar:

Há um mês, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) vem intensificando as operações de fiscalização ao transporte complementar ao longo da Faixa Azul das Avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima, na parte alta de Maceió. A iniciativa busca coibir a utilização indevida dos corredores exclusivos de ônibus, no intuito de proporcionar maior celeridade aos passageiros que utilizam diariamente os coletivos para se descolar pelas vias da cidade.

Durante as ações fiscalizatórias realizadas nesse período, 44 veículos que exerciam o transporte complementar foram abordados e oito condutores foram autuados por excesso de passageiros. A medida administrativa para estes casos é a retenção do veículo, o desembarque de passageiros e a aplicação de multa no valor de R$ 130,16, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Ainda nas fiscalizações, outros três condutores tiveram os seus veículos removidos por realizar transporte irregular de passageiros, conhecidos como clandestinos. O condutor flagrado exercendo esta atividade ilegal, além de ser punido pelo CTB, também é enquadrado na Lei Municipal 6.466/2015, que prevê multa de R$ 2.180 para quem fizer o transporte remunerado de pessoas sem o cadastro na SMTT.

“O objetivo é fiscalizar cada vez mais a Faixa Azul para evitar que veículos que não sejam do transporte público de Maceió a utilizem. Adotando essa medida, esperamos que o tempo de viagem, sobretudo nesse trecho diminua, para que os usuários dos ônibus se sintam mais confortáveis e consigam chegar mais rápido ao seu destino final”, pontua o titular da SMTT, Antônio Moura.

Estudos

No mesmo período em que a fiscalização ao transporte complementar foi intensificada, a equipe técnica do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) da SMTT iniciou um estudo para avaliar o tempo de viagem dos passageiros de ônibus da capital.

Em um mês de ação, a equipe de Mobilidade da SMTT constatou que houve uma redução de tempo nas viagens realizadas pelos coletivos no sentido Tabuleiro/ Centro na Faixa Azul. Anteriormente à operação, o tempo médio no trecho, que corresponde a aproximadamente 13 quilômetros e conta com 25 paradas, era de 45 minutos, no horário de pico da manhã, ou seja, de 6h às 8h. Após o início das fiscalizações, o tempo gasto para realizar o mesmo percurso está entre 35 a 40 minutos, no mesmo horário.

“Outra questão a ser destacada é que o trabalho vem sendo realizado de forma integrada entre vários setores da SMTT, a exemplo de fiscalização, planejamento, projetos e tecnologia. O objetivo é evitar que o transporte complementar de outras cidades adentre em Maceió e tirem o passageiro que, originalmente, pertence ao Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM)”, reforça Moura.

Primeira Edição © 2011