SMS conscientiza população sobre hanseníase

22/01/2019 15:06

A- A+

Ascom SMS

compartilhar:

De acordo com a técnica do Programa de Controle da Hanseníase da SMS, Vânia Bernardino, a intenção é conscientizar a população e informar que o tratamento é gratuito e pode ser realizado em 53 unidades de saúde de Maceió.

“A proposta foi divulgar os sinais e sintomas às pessoas que aproveitavam seu domingo na orla de Maceió, estavam presentes conosco os agentes da epidemiologia e a coordenação, que saíam com material orientando as pessoas e realizando uma busca ativa. Pacientes com manchas suspeitas foram encaminhados para unidades de saúde”, contou.

O evento contou ainda com a participação de integrantes da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) e do Movimento de reintegração de pessoas atingidos pela hanseníase (Morhan).

Hanseníase

A doença pode se manifestar da forma paucibacilar (pouco bacilos) e multibacilar (muitos bacilos). A hanseníase se apresenta por meio  de lesões de pele, que podem ser manchas ou caroços, com alteração na sensibilidade, às vezes com rarefação de pelos.

A transmissão é feita por meio do contato com gotículas de saliva ou secreções do nariz de uma pessoa doente, mas após a primeira dose do tratamento, ela já deixa de ser transmissível. O tempo de incubação da hanseníase é de dois a cinco anos após a contaminação.

Quando o diagnóstico é feito ainda na forma inicial da doença, o tratamento é de seis meses. Já quando começa mais tardiamente, ele é de 12 meses, podendo o médico esticar um pouco em algumas exceções.

Primeira Edição © 2011