Servidores públicos e estudantes protestam contra cortes

30/11/2018 18:38

A- A+

EFE

compartilhar:

Milhares de servidores públicos do governo regional da Catalunha e estudantes protestaram pelo segundo dia consecutivo nesta quinta-feira em Barcelona para cobrar, entre outras coisas, o cancelamento dos cortes de investimento ocorridos durante os anos da crise econômica.

A manifestação, sob o lema "Por orçamentos sociais, revertamos os cortes", deve terminar em frente ao Parlamento regional catalão, onde ontem um grupo de bombeiros protagonizou momentos de tensão com a polícia regional, ao tentar entrar na Câmara.

O protesto une médicos de atendimento primário, professores de ensino fundamental e médio, estudantes universitários e funcionários públicos regionais, com cartazes que pediam "recuperação do poder aquisitivo" e "orçamentos sociais".

Os médicos se uniram à manifestação conjunta com o setor da educação e outros coletivos do serviço público da Catalunha após se reunirem em frente ao Instituto Catalão de Saúde (ICS). Além dos cartazes, predominavam as bandeiras dos sindicatos organizadores, e quase não havia a simbologia independentista.

Os protestos, que foram aumentando ao longo da semana, começaram na segunda-feira com uma greve de médicos, que se prolongará até amanhã, e ontem ganharam a adesão dos professores e dos estudantes universitários. Além disso, diversos sindicatos convocaram uma greve do setor público catalão para o dia 12 de dezembro.

Primeira Edição © 2011