Cantora irlandesa Sinéad O'Connor se converte ao islamismo

27/10/2018 12:09

A- A+

EFE

compartilhar:

A polêmica cantora irlandesa Sinéad O'Connor anunciou que se converteu ao islamismo e que mudou seu nome para Shuhada' Davitt.

A artista, de 51 anos, deu a notícia aos seus fãs através de sua conta no Twitter, na qual também publicou uma fotografia em que aparece usando um hijab, lenço utilizado pelas mulheres muçulmanas.

"Isto é para anunciar que estou orgulhosa de ter me convertido", escreveu no último dia 19 na rede social, enquanto em um vídeo cantava o "adhan", o chamado à oração do Islã.

Sinéad já mudou legalmente seu nome no ano passado e passou a se chamar Magda Davitt, por isso sua primeira mensagem a respeito no Twitter, onde sua conta de usuário é "@MagdaDavitt77", passou quase despercebida.

"Esta é a conclusão natural da viagem de qualquer teólogo inteligente. Todo estudo das escrituras levam ao Islã. O que torna redundante todas as demais escrituras. Ganharei um nome novo. Será 'Shuhada'", tuitou a artista.

A notícia ganhou repercussão depois que o ímã irlandês Shaykh Dr Umar Al-Qadri publicou nesta sexta-feira em seu Twitter um vídeo com Shuhada' Davitt fazendo a declaração de fé do Islã.

Sinéad O'Connor ficou mundialmente famosa nos anos 90 com a música "Nothing Compares 2 U", do cantor americano Prince, embora também seja lembrada por ter rasgado uma foto do papa João Paulo II em uma rede de televisão americana em 1992, em protesto pelos abusos sexuais cometidos contra menores.

Nos últimos anos, a cantora também declarou que luta contra a depressão e que frequentemente tinha pensamentos suicidas, após confessar que foi vítima de abusos na infância.

Primeira Edição © 2011