Ex-presidente FHC lamenta falta de união entre candidatos de centro

07/10/2018 16:29

A- A+

EFE

compartilhar:

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso lamentou neste domingo que sua tentativa de unir os candidatos de centro à Presidência da República nas eleições tenha fracassado e se mostrou preocupado com a capacidade do próximo chefe de Estado para dirigir um país polarizado.

O ex-presidente fez sua proposta de aliança entre os candidatos de centro há cinco dias, quando as pesquisas davam por certo que a Presidência será definida em um segundo turno entre o deputado Jair Bolsonaro, candidato do PSL que lidera as pesquisas com 41% dos votos válidos, e Fernando Haddad, do PT, segundo colocado com 25%.

FHC convidou os outros candidatos de centro a se unirem em torno de Geraldo Alckmin, seu correligionário no PSDB e que registra apenas 8% das intenções de voto, para evitar um país dividido.

A proposta do ex-presidente tucano, que contou com o apoio de 91 assinaturas, foi criticada pelo pedetista Ciro Gomes, terceiro nas pesquisas com 13%, e por Marina Silva (Rede), que mal chega a 3% da preferência do eleitorado, que viram no manifesto uma tentativa de alavancar a candidatura de Alckmin.

"É o que acredito, o que penso, se os demais não querem, o que vou a fazer?", disse FHC sobre sua proposta após votar em São Paulo.

Primeira Edição © 2011