Escola municipal atinge meta proposta para 2022

06/09/2018 18:29

A- A+

Ascom Semed

compartilhar:

A Escola Municipal Elma Marques Curti, localizada no bairro do Benedito Bentes II, obteve a maior pontuação na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação, em Maceió. Com a média de 6.9, a escola bateu a meta proposta para o ano de 2022.

Outras unidades da Rede Municipal também conseguiram ultrapassar suas metas, a exemplo da Escola Monsenhor Antônio Assunção Araújo com média de 6.8, e a Escola Cícero Dué da Silva com uma média de 6.4 .

O Ideb é o indicador estatístico que tem o objetivo de melhorar a qualidade da educação brasileira, possibilitando o diagnóstico e atualização da situação escolar em todos os âmbitos.

“O comprometimento de toda equipe, a competência e a vontade de trabalhar da melhor forma possível fazem toda a diferença, além de algumas estratégias pedagógicas que se fazem necessário”, disse a diretora da unidade, Luciane Rodrigues Fonseca.

A diretora esclareceu que existe um trabalho contínuo de base nos 1ºs, 2ºs e 3ºs anos da escola. “Quando a criança chega no 4º ano a professora faz um trabalho mais direcionado com aqueles que ainda não conseguiram alcançar uma boa média e ela segue com esses alunos para o 5º ano, onde fazemos todo um trabalho com simulados para que eles se sintam prontos para avaliação”, completou.

A coordenadora pedagógica Márcia Cristina Duarte de Oliveira disse que a evasão afeta diretamente a avaliação. “Quando o aluno começa a faltar procuramos logo a família e descemos a grota em busca do aluno e também procuramos o Conselho tutelar da região quando necessário. Os nossos alunos gostam da escola, temos esse cuidado em tornar a escola agradável e atrativa para nossos alunos. A assiduidade dos professores contribui muito para isso. Também não nos descuidamos de acolher bem a família dos alunos. Os pais ficam admirados com a atenção que temos com eles em nossas reuniões”, frisou.

Sobre Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar.

O Ideb foi criado em 2007. O indicador, que mede a qualidade da educação, foi pensado para facilitar o entendimento de todos e estabelecido numa escala que vai de 0 a 10. A partir deste instrumento, o Ministério da Educação traçou metas de desempenho bianuais para cada escola e cada rede até 2022.

Primeira Edição © 2011