Atacante Walter é preso após apontar arma de brinquedo

01/09/2018 08:35

A- A+

Futebol Interior

compartilhar:

O atacante Walter, do CSA, foi detido na tarde desta sexta-feira após ser acusado de ameaçar uma equipe da Eletrobras no bairro de Ponta Verde, em Maceió. Segundo a polícia militar, ele apontou uma arma de brinquedo aos funcionários da empresa que realizavam um corte de energia no seu apartamento.

Ainda na delegacia, o jogador concedeu uma entrevista ao canal de TV TNH1 e falou que pagou a conta de luz em dia. Além disso, garante que não usou a arma para fazer ameaças.

“Eu brinco de airsoft, chumbinho. Ele pensou que eu tinha jurado ele, mas jamais. Quem me conhece, sabe que eu jamais faria isso. É uma coisa que aconteceu, é uma coisa que se aprende. Quanto a maré tá ruim, vem tudo de ruim. A luz estava certa, eles que estavam errados. Eu sempre desço, brinco com minha arma. Desde o Goiás, tive essa brincadeira. É mentira, o cara quer aparecer. Tô bem de boa, tô bem calmo. Não fiz nada de errado. Tô bem de boa mesmo” explicou Walter.

Contratado pelo CSA na atual temporada, em abril, após passagem pelo Paysandu, o atacante de 29 anos fez apenas nove jogos com a camisa azulina. Ele está sem jogar desde o dia 20 de julho, quando sofreu uma lesão no joelho esquerdo em duelo contra o Fortaleza.

Primeira Edição © 2011