Temer e ministros discutem situação de venezuelanos em Roraima

20/08/2018 16:55

A- A+

Agência Brasil

compartilhar:

O presidente Michel Temer está reunido neste momento com uma série de ministros para discutir soluções para a crise com os imigrantes venezuelanos em Roraima. Desde as 15h, ele coordena um encontro com representantes de pastas ligadas à Defesa, Direitos Humanos e também à área energética.

A expectativa é de que sejam intensificadas as negociações para o início das obras do “linhão”, que permitirá a integração do estado de Roraima com o sistema elétrico nacional. Há vários anos, o estado busca ajuda do governo federal para concluir a construção do Linhão de Tucuruí, já que a maior parte da energia elétrica consumida em Roraima tem como origem a Venezuela. Além de representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Eletrobras, participa também o líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB), que é de Roraima. 

Após discutir esse assunto, o gabinete presidencial agendou uma reunião ampliada, com a presença do ministro da Educação, Rossieli Soares, e de representantes das pastas da Saúde, Planejamento e Secretaria de Governo. As reuniões ocorrem dois dias após o ataque de brasileiros a abrigos de venezuelanos ocorrido no último sábado (18) em Pacaraima, cidade que faz fronteira com o país vizinho. No início da tarde de hoje, uma comissão interministerial embarcou ao estado com poderes de tomar as medidas necessárias para acalmar os ânimos

Segundo o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, fechar fronteira com a Venezuela continua sendo uma questão "impensável". Ele também disse que o governo vai acelerar o processo de interiorização dos venezuelanos que chegam a Roraima.

Primeira Edição © 2011