UE deposita 15 bilhões de euros como última parcela do resgate à Grécia

06/08/2018 20:15

A- A+

EFE

compartilhar:

A União Europeia (UE), por meio de seu Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), enviou à Grécia a última parcela de seu programa de resgate financeiro do país, de 15 bilhões de euros, que serão usados para pagamentos de dívidas e para formar uma reserva após o encerramento oficial do pacote de ajuda, no próximo dia 20.

O fundo de resgate da zona do euro informou nesta segunda-feira sobre a aprovação formal desta transferência, último passo necessário para que Atenas recebesse a verba que foi acertada em junho quando os países de UE aprovaram a revisão final do plano de ajuda.

Da quantia total que será transferida nesta parcela, 9,5 bilhões de euros serão destinados a uma reserva que, contando os depósitos anteriores, será de 24 bilhões de euros e deve permitir à Grécia cobrir suas necessidades financeiras por 22 meses após o fim do resgate. Os 5,5 bilhões restantes serão usados para reduzir a dívida do país.

Com este último pacote, a Grécia já recebeu 61,9 bilhões de euros do total de 86 bilhões que os credores internacionais colocaram à sua disposição no terceiro programa de assistência financeira.

"O final do programa, em 20 de agosto, será um marco para o país. A Grécia terá agora que provar a seus parceiros e aos mercados que está comprometida a não reverter as últimas reformas e a prosseguir com políticas econômicas e fiscais sustentáveis", disse em comunicado o diretor-gerente do MEE, Klaus Regling.

A Grécia recebeu três resgates financeiros, em 2010, 2011 e 2015, que lhe renderam um total de 288,7 bilhões de euros, dos quais 204 bilhões foram concedidos pelos fundos de resgate da zona do euro (o MEE e seu antecessor, o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira), e o restante, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

Primeira Edição © 2011