Obras avançam no entorno do Mercado da Produção

Serviços de drenagem e pavimentação vão mudar realidade

14/07/2018 10:03

A- A+

Ascom Seminfra

compartilhar:

As obras de infraestrutura executadas pela Prefeitura de Maceió avançam na região do Mercado da Produção, na Levada. São serviços de drenagem e pavimentação que vão mudar a realidade da localidade, marcada por alagamento e transtornos para quem precisa circular no entorno do centro comercial.

Os trabalhos das equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) começaram na segunda quinzena do mês de junho pela Rua Comendador Luiz Calheiros. Conhecida como Rua dos Cocos, a via já recebeu ação de drenagem e está imprimada para receber o asfalto.

De acordo com o gestor da Seminfra, Ib Brêda, a obra é um desafio e possui grande importância para a região. “Foi feito todo o trabalho de drenagem na Rua dos Cocos e depois fizemos a interligação com a parte do estacionamento do Mercado, que era outro local que vivia alagado. É um desafio, mas a realidade já está começando a mudar”, ressaltou.

Para quem trabalha na região comercializando coco, crustáceos e outros alimentos, a obra já está trazendo benefícios diretos, como o ganho de mais clientes.  “Essa via aqui estava quase interditada, com os carros com muita dificuldade de passar. Hoje já está muito bom e olhe que o trabalho ainda nem terminou. Os clientes estão conseguindo chegar para comprar. O prefeito está de parabéns por esta obra decente”, disse Antonio Alves do Nascimento, que vende coco no local há mais de 28 anos.

O prazo para a conclusão da obra ainda não pode ser estabelecido, pois depende da contribuição do tempo e de situações não previstas no cronograma de ações. Todo o serviço está sendo executado com equipes, maquinário e recursos próprios da Prefeitura de Maceió.

“Não temos ainda um valor final do investimento. O local é um terreno de tufa, muito difícil de se trabalhar, vamos descobrindo os problemas no decorrer da obra. Além da Rua dos Cocos, a pavimentação será feita no estacionamento do Mercado e em todo o entorno, que são ruas já bastante desgastada pelo tempo”, explicou o secretário Ib Brêda.

Primeira Edição © 2011