Jovens são orientados sobre trabalho no Cras Pitanguinha

14/07/2018 10:06

A- A+

Ascom Semas

compartilhar:

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) – trabalhado nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) – estimula habilidades e promove integração e experiências entre os participantes.

Recentemente, o Cras Pitanguinha retomou o Grupo de Adolescentes para capacitar os usuários sobre trabalho. Por meio de palestras, dinâmicas e orientações, os adolescentes tiram dúvidas sobre empregos, um dos primeiros passos da vida adulta, o que ainda assusta muitos deles.

De acordo com a coordenadora do Cras Pintanguinha, Gal Souza, o grupo conta com a parceria do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Os adolescentes se reúnem todas as quartas-feiras, a partir das 8h30, e são envolvidos com assuntos do tema, entre eles, como se portar em entrevistas, produzir currículos e benefícios da educação. “Nós orientamos e os incentivamos para que coloquem os ensinamentos em prática e recorreram aos benefícios da Assistência Social para evoluírem ainda mais”, disse Gal.

Ainda segundo a coordenadora, o grupo é exemplo de resultados positivos. “Nós já temos usuários inseridos no Jovem Aprendiz e com empregos. É importante que o Cras esteja lutando pela diminuição da desigualdade social”, acrescentou.

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras Pitanguinha) tem grupos de SCFV de crianças, adolescentes, idosos e mulheres, que funcionam diariamente, nos períodos manhã e tarde. Ele está localizado na Rua Cônego Tobias, s/n, no bairro da Pitanguinha.

Primeira Edição © 2011