Procon Alagoas completa 100 dias como instituto

21/06/2018 16:18

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

O diretor presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor de Alagoas, Galba Novaes Netto apresentou na nesta quinta-feira (21), um balanço das atividades desenvolvidas pelo Procon, nos 100 primeiros dias de sua gestão à frente do instituto. A apresentação foi feita para a toda a imprensa alagoana, no restaurante Bodega do Sertão.

No balanço, foram contabilizados os trabalhos da fiscalização, que somou 145 autos de notificação, 79 autos de infração, 43 autos de constatação e 29 fiscalizações preventivas.

Dentro destes números estão: as fiscalizações de Páscoa, realizada nas balanças e supermercados de Maceió; fiscalização do dia das mães, que visitou 160 estabelecimentos, entre eles, lojas e restaurantes em Maceió e Rio Largo; fiscalização nos postos de combustível, verificando a precificação e qualidade; fiscalização em jogos de futebol, conferindo a venda dos ingressos no estádio; fiscalização nos bancos, onde quatro agências foram autuadas por não estarem cumprindo a lei de espera nas filas do caixa; e a fiscalização nas barracas de fogos, que visitou as cidades de Maceió, Pilar, Boca da Mata e São Miguel dos Campos. Além das listas de pesquisa de preço do Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Namorados e Fogos.

Foi apresentado os convênios firmados pelo Procon com a OAB, com a Associação dos Supermercados de Alagoas (ASA), com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), além da criação do observatório de fiscalização dos postos de combustível criado em parceria com diversos órgãos do Estado. Todas as parcerias firmadas em prol de um melhor atendimento ao consumidor, visando maior celeridade no andamento de processos e em fazer valer os direitos dos alagoanos.

Também foi mostrado os trabalhos realizados nas comunidades pelo programa “Procon para todos” que visitou vários bairros. Além das palestras realizadas pelo Núcleo de Atendimento a Superendividado (NAS) nos centros de ressocialização, masculino e feminino, da capital, e nos bairros da Gruta, Benedito Bentes, Jacintinho e Tabuleiro.

O diretor presidente, em sua apresentação, ressaltou a importância dos trabalhos realizados pelas equipes do Procon e a maior autonomia do órgão depois de se tornar uma autarquia. “O nosso instituto, a partir dessa nova estruturação, efetivou mais ações e nos deu autonomia para cumprir com os projetos pensados. Isso nos deixa muito satisfeitos, já que hoje temos a possibilidade maior e mais direta para atender o nosso público”, disse Galba Netto.

Primeira Edição © 2011