Turismo do Saber serve de modelo

30/04/2018 16:39

A- A+

Ascom Semtur

compartilhar:

Secretários de diversos municípios alagoanos estiveram reunidos nesta segunda-feira (30), na sede da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), para conhecer todo o processo de implantação e funcionamento do projeto Turismo do Saber, coordenado pela pasta. A ação, realizada pela Prefeitura de Maceió e parceiros desde 2016, tem chamado a atenção de gestores municipais alagoanos que pretendem desenvolver projetos similares voltados para a educação turística.

Com apresentação da coordenadora do Turismo do Saber e técnica da Semtur, Ana Cecília Corado, o encontro promoveu a sensibilização para  secretários de Turismo, Educação, Cultura e Assistência Social de municípios como Barra de São Miguel, Barra de Santo Antônio, Paripueira, União dos Palmares e São José da Lage. Os gestores tiveram a oportunidade de conhecer logística, etapas de implantação, parcerias, metodologia e resultados do projeto.

De acordo com Ana Cecília, compartilhar a experiência do projeto com outros municípios significa apresentar um case de sucesso que poderá ser referência em iniciativas transformadoras, a partir da realidade de cada cidade. “O Turismo do Saber é um projeto intersetorial que conta com diversos parceiros. Para o sucesso da ação, é preciso conhecer seu público e estar preparado para trabalhar com ele. Nossa intenção ao compartilhar nossa experiência exitosa é que nosso produto possa nortear o desenvolvimento de iniciativas semelhantes por outras prefeituras alagoanas”, explicou a coordenadora.

É o que pretende a secretária de Turismo da Barra de São Miguel, cidade que também possui grande apelo turístico. “O Turismo do Saber é um projeto muito bonito e necessário, porque aproxima a comunidade escolar da atividade turística, que é, objetivamente, uma atividade socioeconômica. Para a Barra, esse encontro será muito proveitoso na formatação do ‘Conhecendo a Barra de São Miguel’, projeto que deve seguir os moldes do Turismo do Saber”, comentou a gestora, que participou da reunião ao lado de representantes das secretarias de Educação, Cultura e Esporte e de Assistência Social do município.

Também presente na reunião, a secretária de Turismo de São José da Lage, Jacineide Maia, destacou a importância do projeto para despertar a sensação de pertencimento dos alunos para com a cidade. “É uma semente de fundamental importância para que estas crianças e adolescentes possam se sentir pertencentes à cidade. Para amar alguma coisa, é preciso conhecê-la. E é isso que o Turismo do Saber propõe. Saímos daqui inspirados com um projeto que tem sua essência na educação e no amor ao local onde se vive”, comentou a gestora.

O projeto

Desenvolvido pela Semtur, em parceria com as secretarias municipais de Educação e Assistência Social, o Turismo do Saber Na Escola visa despertar o interesse dos estudantes da rede pública municipal para o setor, que atualmente se consolida como uma das matrizes econômicas da capital alagoana e pode representar oportunidade de emprego e renda para os alunos no futuro.

O projeto, que está no terceiro ano de implantação, consiste no desenvolvimento de ações de sensibilização turística nas unidades de ensino contempladas e na promoção de passeios culturais pelos atrativos de Maceió. Além do Turismo do Saber na Escola, a iniciativa abrange também jovens assistidos por casas de passagem e centro de convivências (Turismo do Saber Social), além de profissionais que atuam na linha de frente do segmento (Turismo do Saber Profissional).

Na edição deste ano, a iniciativa vai contemplar 750 estudantes do 5º ano de 15 escolas municipais de Maceió, 225 adolescentes assistidos pela Semas e 150 profissionais que têm contato direto com os turistas.  Ao todo, serão 1125 participantes nas três modalidades.

Além da Semtur, Semas e Semed, apoiam o projeto a Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabs), Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), Associação da Indústria Brasileira de Hotéis (ABIH) em Alagoas, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas, Luck Receptivos, Senac, Sesc, Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) e Associação Comercial de Maceió.

Primeira Edição © 2011