Defesa Civil Estadual monitora grotas de Maceió e situação de municípios

Maior preocupação no momento é com a situação das barreiras na capital; desabamento provocou uma morte na Grota do Pau D’Arco

19/02/2018 10:00

A- A+

Ascom Semarh

compartilhar:

A Defesa Civil Estadual está monitorando a situação das barreiras da capital alagoana, atingidas pela chuva intensa que caiu sobre Maceió nas últimas 48 horas. Na Grota do Pau D’Arco, uma mulher ficou ferida e uma criança morreu em decorrência do desabamento de uma residência ocorrido na noite de sábado (17). Vários pontos de alagamento também foram registrados, causando transtornos ao maceioense durante o domingo (18) e na manhã desta segunda-feira (19).

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, major Moisés Melo, a situação em alguns municípios também vem sendo acompanhada pelo órgão. “Cidades como Marechal Deodoro, Pilar, Capela e São Miguel dos Campos registraram alagamentos, mas sem grandes prejuízos. Em Jacuípe, uma parte da cidade ficou alagada no domingo e uma barreira deslizou, mas a situação já está se normalizando. Mesmo assim, esses municípios vão continuar sendo monitorados”, disse.

O major ressalta que a maior preocupação da Defesa Civil Estadual neste momento são as barreiras e grotas de Maceió, que estariam saturadas pela água. “As barreiras da capital estão encharcadas e isso representa um perigo. Estamos levantando os locais com maior risco para tomar as medidas que forem necessárias. E vamos continuar de prontidão para atuar em qualquer emergência”, explicou Melo.

Previsão

De acordo com os dados da Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a chuva deve continuar caindo de forma rápida e intensa nesta segunda-feira em toda a Região Metropolitana. Na terça-feira (20), a previsão é de que ela ocorra de forma moderada. Na quarta-feira (21), a expectativa é de céu aberto na maior parte do dia.

 

Primeira Edição © 2011