Escolas públicas receberão atividades culturais em 2018

Iniciativa é fruto de convênio entre a Prefeitura de Maceió e o Governo Federal

04/01/2018 09:56

A- A+

Robson Muller/ Ascom Fmac

compartilhar:

A implantação da primeira Rede Municipal de Pontos de Cultura de Maceió irá beneficiar estudantes de 21 escolas públicas da capital, em 2018. A iniciativa, adotada por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura de Maceió e o Governo Federal, por meio do programa Cultura Viva, destinará R$ 900 mil para que 15 instituições passem a desenvolver atividades culturais e a complementar a formação dos alunos durante um período de um ano.

A Federação da Alagoana de Coros foi uma das entidades culturais selecionadas para a implantação da Rede de Pontos de Cultura. Para o presidente da instituição, Ivan Barsand, a iniciativa irá proporcionar aos estudantes uma rotina escolar mais diversificada e estimulante.

“Nossa intenção é de iniciar crianças na música formando corais nas escolas Pompeu Sarmento e Paulo Henrique Bandeira. Consideramos a atitude do Município extraordinária porque, a partir dela, descobriremos novos talentos e teremos a oportunidade de contribuir com o desenvolvimento desses alunos”, contou o representante da entidade.

O presidente da Federação Alagoana de Coros, Ivan Barsand. Foto: Ascom Fmac

O presidente da Federação Alagoana de Coros, Ivan Barsand. Foto: Ascom Fmac

Os Pontos de Cultura irão desenvolver atividades de teatro, música, circo, artesanato, literatura, cultura afro-brasileira e cultura popular nas unidades de ensino Pompeu Sarmento, Elza Lira, Elizabeth Anne Lyra, Benedita da Silva Santos, Professor Antídio Vieira, Breno Agra, Rui Palmeira, Maria José Carrascosa, Silvestre Péricles, Ana Carolina Galina Sorte Ferreira Santiago, Luíza Oliveira Suruagy, Padre Brandão Lima, Padro Pinho, Sagrado Coração de Jesus, Pedro Barbosa, Hermínio Cardoso, Corintho Campelo da Paz, Denisson Menezes, Arnon de Melo, Paulo Henrique Bandeira e José Aroldo da Costa.

Cada entidade selecionara receberá R$ 60 mil para desenvolver os projetos avaliados e selecionados por meio do edital lançado pela Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) em setembro. De acordo com o presidente do órgão, Vinicius Palmeira, todos os projetos serão apresentados em um grande encontro após o encerramento das atividades.

“As nossas expectativas são as melhores possíveis. É a primeira vez que uma Rede Municipal de Pontos de Cultura irá atuar em unidades de ensino e acreditamos que o efeito disso na formação das crianças será muito satisfatório. O resultado desse trabalho poderá ser acompanhado em um grande evento realizado com as entidades culturais e a comunidade escolar no fim desse período”, destacou Palmeira.

A primeira Rede Municipal de Pontos de Cultura será implantada em Maceió com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

 

Primeira Edição © 2011