Rota Ecológica ganha destaque na capa do jornal Estado de S. Paulo

Praias do Toque, do Patacho, a gastronomia, clima de sossego e tranquilidade encantaram a jornalista Adriana Moreira

22/11/2017 12:55

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

“O mar sempre morninho, na temperatura ideal para entrar sem ter de ‘criar coragem’. A água transparente, num tom indecentemente verde, que parece mandar você parar imediatamente e aproveitar aquele cenário com o pé na areia, antes mesmo de fazer check-in na pousada”. Esta é a definição que a jornalista Adriana Moreira encontrou para falar sobre a Rota Ecológica, no norte de Alagoas, em matéria de capa do Jornal O Estado de S. Paulo, publicada na terça-feira (21).

Com foto na capa, a Praia do Toque, uma das principais de São Miguel dos Milagres, foi explorada pela jornalista que, inspirada pela paisagem paradisíaca, abandonou até mesmo o uso do carro e se aventurou pela praia de bicicleta. “Vi muitas mulheres, moradoras locais, com suas crianças brincando no mar ou pegando mariscos, e pescadores cuidando de seus barcos. Estava atenta, mas sem tensão”, escreve Adriana Moreira.

A jornalista percorreu os 35 km de extensão da Rota Ecológica, passando pelas cidades de São Miguel dos Milagres, Japaratinga e Porto de Pedras.  Os manguezais do Rio Tatuamunha, a associação do Peixe-Boi e a gastronomia local também encantaram Adriana Moreira.

As galés, as piscinas naturais e a natureza intocada da Praia do Patacho também foram registradas pela jornalista. Além disso, Adriana Moreira foi em busca das novidades e curiosidades da região e encontrou a oficina do sapateiro Marcos Lima que faz, por encomenda, sandálias sob medida.

Práticas sustentáveis 
Adriana Moreira relata também os projetos sociais desenvolvidos na região, como o Instituto Yandê, que realiza atividades socioambientais com cursos de reciclagem, informática e biblioteca. A jornalista destaca também as práticas sustentáveis aplicadas pela maioria das pousadas da região com o uso de produtos biodegradáveis, por exemplo. 

“Há uma preocupação constante com o meio ambiente. Nos quartos, xampu, sabonete e condicionadores são biodegradáveis. O lixo orgânico vira adubo e o restante é recolhido por uma cooperativa de Maceió”, relata a jornalista.

A matéria do Estado de S. Paulo pode fomentar o turismo na região de forma considerável, tendo em vista a importância e a visibilidade do veículo em todo o território nacional. Somente do jornal impresso, mais de 165 mil exemplares são distribuídos em todo o país. Além disso, há o alcance do site do jornal, onde a matéria também foi reproduzida.

Primeira Edição © 2011