Vem aí a primeira floresta vertical da França

Utilização de áreas verticais é uma forma de reinserir a natureza na área urbana

31/10/2017 21:27

A- A+

Exame

compartilhar:

São Paulo – Com espaços cada vez mais disputados, cidades em todo o mundo estão apostando em áreas verticais para inserir mais verde na vida cotidiana. Além de dar um toque vibrante à paisagem, prédios cercados de plantas ajudam a filtrar impurezas do ar e melhorar o clima urbano.

Em breve, a França ganhará sua primeira floresta vertical, a ser erguida na cidade de Villiers sur Marne, vizinha à Paris. Será uma torre de 54 metros de altura com estruturas inteiramente de madeira e voltada para residências e escritórios comerciais.

Projeto do prédio "Fôret Blance" do escritório italiano Stefano Boeri Architetti

(Stefano Boeri Architetti//Vem aí a primeira floresta vertical da França/Divulgação)

Nas fachadas do projeto “Forêt Blanche” (“Floresta branca”, em português), terraços e varandas serão preenchidos por 2000 árvores, arbustos e plantas, garantindo uma superfície verde equivalente a um hectare de floresta, ou 10 vezes a área em que o edifício será erguido.

Por trás do projeto, apresentado neste mês, está o renomado escritório de arquitetura italiano Stefano Boeri Architetti, que assina o projeto do famoso conjunto de prédios Bosco Verticale, em Milão e, mais recentemente, da primeira “floresta vertical” da China e uma cidade inteira florestada no mesmo país.

Projeto do prédio "Fôret Blance" do escritório italiano Stefano Boeri Architetti

Projeto do prédio “Fôret Blance” do escritório italiano Stefano Boeri Architetti (Stefano Boeri Architetti//Vem aí a primeira floresta vertical da França/Divulgação)

Os projetos do escritório colocam o conceito de verde num pedestal, que extrapola as questões de decoração por si só, trazendo soluções ambientais para as cidades. Estruturas arquitetônicas que incorporam a vegetação enfrentam o desafio de combater a mudança climática e aumentar a biodiversidade em contextos urbanos.

Primeira Edição © 2011