Casal e filho morrem ao cair em cratera de vulcão na Itália

13/09/2017 11:30

A- A+

dw.com

compartilhar:

Um casal italiano e o filho de 11 anos morreram ao caírem numa cratera vulcânica no sul da Itália nesta terça-feira (13/09). Bombeiros recuperaram os três corpos.

O campo vulcânico em questão – de Solfatara, a cerca de 20 quilômetros de Nápoles – é cercado para manter os turistas a uma distância segura. A imprensa local disse que o menino de 11 anos foi além da cerca e caiu na cratera.

O casal, um homem de 45 anos e uma mulher de 42, teria se acidentado ao tentar resgatar a criança. O outro filho, de 7 anos, permaneceu atrás da cerca e sobreviveu. Ele foi encontrado em estado de choque.

As autoridades afirmaram que as mortes teriam ocorrido provavelmente por asfixia, em razão dos gases tóxicos que emanam da cratera. "Ou ocorreu uma pequena explosão ou o chão simplesmente cedeu com o peso deles", afirmou um porta-voz do corpo de bombeiros. A causa oficial da morte será determinada por uma autópsia.

O vulcão Solfatara fica na região de Campi Flegrei. O acidente ocorreu na fumarola – abertura no solo encontrada geralmente próxima a um vulcão e que emite vapor e gases – chamada Bocca Grande, a maior da região.

Primeira Edição © 2011