Habitação cadastra 1.700 famílias atingidas pelas chuvas

09/09/2017 11:34

A- A+

Ascom Sedet

compartilhar:

Efetivar as políticas públicas habitacionais em Maceió é um dos compromissos da Prefeitura desde o início da gestão Rui Palmeira. Somente nos últimos dois meses, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) atendeu cerca de duas mil pessoas afetadas pelas chuvas, inserindo 1.700 no cadastro habitacional.

No início de junho deste ano, foi entregue o Residencial Morada do Planalto, contemplando mais 1.200 famílias. Além disso, a Sedet incluiu no conjunto aproximadamente 30 pessoas que se encontravam em estado de emergência após perderem suas casas com o temporal.

“Essas pessoas que sofreram com as chuvas têm prioridade na entrega dos novos residenciais. Foi uma recomendação do Ministério das Cidades que a Prefeitura acolheu devido ao estado de calamidade. Elas foram atendidas e agora estamos no aguardo das análises da instituição financeira responsável”, afirma o secretário de Desenvolvimento Territorial, Mac Lira.

Em parceria com outros órgãos do Município, a equipe de Habitação Popular da Sedet fez mais de 1.700 cadastros habitacionais neste período. Entretanto, só de atendimentos foram mais de duas mil pessoas, somando soluções de pendências documentais ou de outros segmentos.

As famílias afetadas pelas chuvas tiveram suas residências vistoriadas pela Defesa Civil do Município e receberam todo aporte necessário por parte da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Os dois órgãos entregaram à população um encaminhamento para efetivar o cadastro habitacional no programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, em parceria com a Prefeitura.

Alerta

De acordo com Mac Lira, a Prefeitura trabalha em prol dos maceioenses, com planejamento e transparência. Ele adverte que o único cadastro válido como inscrição para as moradias construídas pela Prefeitura é feito na sede do órgão municipal.  “Reforçamos também que a Secretaria recebe um grande número de pessoas diariamente e afirmo, mais uma vez, que os cadastros habitacionais só são realizados pela Prefeitura, na própria Sedet. Em nenhum outro local, mesmo com a abordagem de terceiros, o cadastro é efetivado”.

O gestor reforça que a população precisa ficar atenta às fraudes envolvendo inscrições habitacionais. “Ficamos muito preocupados, mas sempre que tomamos conhecimento desse tipo de golpe, apresentamos denúncias às autoridades. Então, pedimos que a população também o faça, visto que quem for lesado por fraudulentas inscrições habitacionais, seja devido a falsas lideranças de movimentos, ou terceiros, não será contemplado com os residenciais. Infelizmente ainda há pessoas que acreditam nessas fraudes, por mais que a gente diga que as inscrições são gratuitas e feitas apenas na Sedet com a equipe de Habitação Popular”, afirma.

Residenciais

Desde 2013, já foram entregues 5.316 unidades habitacionais, beneficiando milhares de famílias. Os residenciais entregues foram o Ouro Preto, com 240 moradias, Rio Novo (900), Parque dos Caetés (2.976) e Morada do Planalto (1.200).

Além dessas unidades, a Prefeitura vai entregar, até o final do ano, mais de quatro mil residências. O conjunto Jorge Quintella contempla 816 unidades e está em processo de trâmite burocrático com a instituição financeira responsável para a entrega e o Residencial Maceió I, localizado no Eustáquio Gomes, vai beneficiar 3.900 famílias.

Ainda segundo o secretário Mac Lira, o compromisso da Prefeitura é com a melhoria da qualidade de vida dos maceioenses. “Nossa equipe trabalha diariamente para proporcionar melhores condições de vida à população. Sabemos que a fila de espera é grande, mas até o fim do ano, teremos a efetivação de mais dois residenciais, resultando num total de 10.032 unidades habitacionais entregues. Isso é histórico em Maceió. Jamais outra gestão fez tanto pela população. Vamos continuar com o trabalho e promover as mudanças nos próximos anos”, declara o secretário.

Primeira Edição © 2011