MTur estreita relação com trade turístico

Programa engloba uma série de medidas para gerar crescimento

15/07/2017 10:11

A- A+

Ascom Semtur

compartilhar:

Os ministros Marx Beltrão, do Turismo, e Maurício Quintella, Transportes, Portos e Aviação Civil, estiveram na segunda-feira (10) em Maceió para a apresentação do programa Brasil Mais Turismo, num evento que aconteceu no Hotel Best West Premier, na Pajuçara, e também contou com a presença do secretário municipal do Turismo, Jair Galvão, representando a Prefeitura de Maceió, além de entidades do trade turístico e de representantes do Governo do Estado.

O Brasil Mais Turismo engloba uma série de medidas para gerar crescimento no setor turístico, contribuindo para melhorar os destinos nacionais, proporcionar o desenvolvimento regional e gerar emprego e renda. Para o secretário do Turismo, Jair Galvão, um dos grandes destaques do programa também foi a relação que ele estabelece com o trade turístico. “A apresentação do pacote de medidas do Brasil Mais Turismo foi uma excelente oportunidade para conhecer reivindicações antigas dos empresários que trabalham com o turismo em todo o Brasil, e que têm direta influência no mercado alagoano, considerando as diversas propostas que influenciam como o turismo é trabalhado em Maceió, principalmente em relação à conectividade aérea”, afirma o secretário. “Foi um momento de debate de questões específicas e estreitamento de relacionamento com as esferas de governo, sejam elas municipais, estaduais ou federais”, complementou.

“O trade turístico compartilha da ideia de que são medidas que vêm no sentido de desburocratizar o turismo brasileiro, facilitar a operação do setor privado e possibilitar o crescimento desse setor, que será um dos grandes protagonistas do desenvolvimento econômico do país, e de Maceió, especialmente, pela vocação natural da cidade para o turismo, graças aos avanços que temos tido nos últimos anos e que se traduzem no desempenho tanto da demanda quanto da oferta”, comenta o secretário.

Jair Galvão também destaca a participação da Prefeitura de Maceió no avanço do turismo na região. “Temos diversos projetos desenvolvidos em conjunto tanto com o Ministério dos  Transportes, Portos e Aviação Civil quanto com o Ministério do Turismo que vêm no sentido de melhorar, qualificar, estruturar e promover o destino Maceió para alavancar a competitividade e torná-lo referência no Brasil e no mundo”, explicou Galvão.

O que é o Brasil Mais Turismo?

O conjunto de medidas anunciadas pelo MTur para o programa Brasil Mais Turismo reúne sugestões de integrantes da cadeia produtiva do turismo nacional e de entidades internacionais, como a Organização Mundial do Turismo (braço da ONU para o setor) e o Conselho Mundial de Turismo e Viagem (WTTC).
Dentre uma das ações do programa, está a abertura de 100% do capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento internacional, que tem o objetivo de aumentar a competitividade entre as empresas e, consequentemente, reduzir preços e oferecer mais rotas e mais destinos.

A ideia do Brasil Mais Turismo é mudar o cenário do setor e saltar de 6,5 milhões de turistas estrangeiros no país por ano (dado de 2016) para 12 milhões em 2022. A estimativa é de que a receita com os visitantes passe dos US$ 6 bilhões anuais para US$ 19 bilhões. Outro impacto esperado é a inserção de 40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. Atualmente, menos da metade da população viaja todos os anos (cerca de 60 milhões).

A criação de quase 6 milhões de empregos é outra das consequências esperadas como resultado do Brasil Mais Turismo. Em âmbito mundial, o setor responde por um a cada 11 empregos (9%), de acordo com a OMT. No Brasil, o turismo emprega direta e indiretamente 7 milhões de pessoas.
Outras medidas do programa são: emissão de vistos eletrônicos para países estrangeiros, ampliação da conectividade aérea, modernização do modelo de gestão da Embratur, modernização da Lei Geral do Turismo (LGT) e a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro.

Primeira Edição © 2011