Orçamento e planejamento são pautas de capacitação sobre novo sistema de gestão

13/07/2017 17:18

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

Garantir mais agilidade, transparência e controle às rotinas de trabalho dentro da gestão pública é o principal objetivo da implantação do Sistema Integrado de Administração Financeira e Contábil do Estado (Siafe).

Lançado em janeiro, o sistema está sendo apresentado, aos poucos, às unidades gestoras responsáveis pela construção da Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano. Trata-se de um período de adaptação e aproximação com a plataforma.

Com duração de três dias, uma capacitação foi encerrada nesta quinta-feira (13), na unidade administrativa da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL), em Jacarecica. Planejamento e orçamento foram as pautas deste módulo de ensino.

Ao todo foram 100 participantes durante o período de treinamento. As oficinas foram comandadas pelos representantes Elder Alves e Fábio Nonato, analistas da empresa que detém a ferramenta. Um contrato foi firmado com o Governo de Alagoas para uma customização e extensão do programa. O Siafe é uma ferramenta moderna que reúne diversos sistemas existentes no Estado em um só lugar.

“É importante que os servidores conheçam as funcionalidades básicas do programa e percebam que ele é bastante maleável. O Siafe é uma plataforma web integrada que permite a elaboração de propostas de despesas e receitas, além do acesso fácil a diversos dados e relatórios”, afirma o palestrante e analista Élder Alves.

O sistema permite a contabilização e gestão financeira e orçamentária de forma automática. O chefe do Núcleo de Planejamento e Orçamentário da Sefaz, Nis Agostinho Lins, esteve presente nas oficinas.

“Tudo que soma e agrega é bem-vindo. O Siafe vai trazer retornos positivos para a Fazenda, principalmente no que tange a atividades de manutenção e custeio de ações inseridas no PPA [Plano Plurianual de Aplicações] de 2016 e 2019”, afirmou Agostinho Lins.

Segundo o analista Fábio Nonato, os próximos passos consistem na configuração e liberação do ambiente para os servidores. O gerenciamento, manutenção e desenvolvimento da ferramenta são de responsabilidade da Gerência Especial de Contabilidade da Fazenda.

Primeira Edição © 2011