E, finalmente, o Lula falou!

12/05/2017 15:45

A- A+

Geraldo Câmara

compartilhar:

                       Falou que não falou, que não viu, que não sabia de nada. Falou que não estava lá, que Marisa não gostava de praia. Falou que só foi lá para dizer que não queria comprar o triplex e que precisou voltar para dizer mais uma vez, que não adiantava insistir porque ele não gostara do apartamento. E por que foi? Um homem tão ocupado, tão cheio de compromissos, vai lá só pra dizer que não queria? Bem, pelo menos a história tem dois lados da moeda. Nem ele prova que o triplex não é dele, nem o Moro prova que é. Por enquanto. Não tem escritura. Não tem nem promessa! Ah...mas pode ter sido usado para lavar o dinheiro. Para isso era preciso que houvesse pelo menos um "laranja" com a escritura em seu nome. Mas não há. Ou será que o laranja é a própria Oldebrecht? Ahn? E que nunca vai vender o "dito cujo" porque promessa é dívida e o que é do homem o bicho não come? Aliás, dizem que nesse tumultuado mundo político-empresarial, apesar de lotado atualmente de delações que estão desmoralizando o sistema, "em boca fechada não entra mosca" e  em certas tratativas o comportamento é do tipo mafioso italiano, até porque os personagens nunca sabem o dia de amanhã. Vai que, de repente, não mais que de repente o poderoso chefão volta à cena e tudo fica "como dantes no quartel de Abrantes". Hein? Mistééério!

Primeira Edição © 2011