Defesa Civil divulga previsão e balanço sobre chuvas

15/04/2017 10:16

A- A+

Ascom Semds

compartilhar:

A Secretaria Especial Adjunta de Defesa Civil, que é vinculada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), divulgou na noite desta sexta-feira (14) o balanço do trabalho realizado durante o dia na capital e a previsão de chuva para este sábado, dia 15. Segundo o órgão, apenas um chamado foi recebido e o atendimento realizado. Não houve registro de queda de árvores e o volume de águas pluviais foi conforme o esperado.

De acordo com os dados dos pluviômetros instalados em 13 regiões de Maceió, entre as partes alta e baixa, o volume de chuva foi de 21,56 milímetros em média. Apesar do quantitativo, que é consideravelmente normal, não houve deslizamento de barreiras em áreas de risco. Desde ontem (13), as equipes da Defesa Civil acompanharam todas as demandas e seguem monitorando a capital para realizar o atendimento conforme as necessidades.

Em abril, a média de chuva esperada é de 268 milímetros. Até ontem (13), foi registrada uma média de 64 mm do total previsto para os trinta dias do mês. A Defesa Civil também informou que, neste sábado (15), a previsão é de que o tempo deve permanecer nebuloso, mas com períodos mais secos e a chuva não está descartada. A previsão segue as informações passadas à Defesa Civil pela Sala de Alerta, da Secretaria de Estado de Recursos Hídricos.

Para atender às demandas de queda de árvores, três equipes estiveram de plantão nas ruas para suprimir as que caíram, desobstruindo o passeio público e as vias. De acordo com Pablo Ângelo, diretor de sustentabilidade da Semds, os casos de ameaça de queda foram avaliados e realizado o serviço necessário, como em regiões da Jatiúca, Ponta Verde e João Sampaio.

Pablo Ângelo esclarece que a queda das árvores registradas no último dia 13 foi decorrente das rajadas de vento e do volume de chuvas. O diretor lembra que a Semds, em um trabalho contínuo, realiza avaliações das árvores dos espaços públicos com a equipe de engenharia agrônoma, que leva em consideração a infestação do solo e a estrutura da planta para poder determinar a supressão ou não.

Primeira Edição © 2011