Ex-secretário profere palestra em aula inaugural do I Curso da Oplit

18/03/2017 15:07

A- A+

PC-AL

compartilhar:

O I Curso da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) foi iniciado na tarde desta sexta-feria (17), em solenidade que teve aula inaugural com palestra do ex-secretário de Segurança Pública, e atual procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto. O evento aconteceu no auditório da sede da Polícia Federal, no bairro de Jaraguá.

O curso foi instituído por meio de portaria do delegado-geral da Polícia Civil,  Paulo Cerqueira, e tem o objetivo de transmitir aos participantes conhecimentos e habilidades necessárias ao desempenho da função operacional com mais eficiência, especializando-se em ações desta natureza, além de qualificar policiais para comporem o quadro da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit).

Procurador-geral de Justiça e ex-secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar

O procurador-geral de Justiça iniciou falando do prazer em voltar a conversar com os policiais da Segurança Pública alagoana, destacando a questão da integração como um dos grandes fatores do sucesso da Oplit. “A Operação Policial litorânea Integrada é um modelo que deveria ser replicado em termos de segurança pública”, frisou Alfredo Gaspar.

O ex-secretário de Segurança também falou da satisfação em ver os policiais, alguns já com muitos anos de experiência, engajados nesta nobre missão de aprimorar conhecimentos, havendo com isso uma melhor prestação de serviços à sociedade, que é o grande objetivo da capacitação.

Alfredo Gaspar fala para os presentes e participantes do COP

Além do procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar, também estiveram presentes o diretor da Academia da Polícia Civil de Alagoas, delegado Antonio Carlos Lessa, que representou o delegado-geral Paulo Cerqueira – que não compareceu em virtude de viagem ao interior do Estado -, a secretária adjunta da SSP, delegada Luci Mônica e o coordenador da Oplit, agente PC Alfredo Presser.

De acordo com o coordenador da Oplit, o curso irá transmitir aos alunos conhecimentos e habilidades necessárias ao desempenho da função operacional com a máxima eficiência, bem como complementará seu quadro, com a inclusão de novos integrantes.

Diretor da Academia da Polícia Civil, delegado Antonio Carlos Lessa.

O delegado Antonio Carlos Lessa disse que a direção da Polícia Civil, por meio da Academia, está elaborando um cronograma para que outros cursos aconteçam para todos os setores e unidades da instituição.

Policiais civis e militares e guardas municipais interessados passaram, numa primeira fase, por um processo seletivo que avaliou condições médicas, físicas e de comportamento dos candidatos. Dos inúmeros inscritos, apenas 51 foram aprovados na primeira fase, ficando aptos para iniciarem as instruções teóricas e práticas do COP.

O treinamento operacional do I Curso da Operação Policial Litorânea Integrada (COP) terá início nesta segunda-feira (20).

Os alunos terão aulas de Ações em Baixa Luminosidade, Atendimento Pré-Hospitalar, Combate em Ambiente Confinado, Condicionamento Físico, Imobilização Tática, Instrução Tática Individual, Manuseio e Emprego de Arma de Fogo, Medidas de Contra Emboscada, Operações Aéreas, Operações Aquáticas, Operações Urbanas em Área de Risco, Técnicas Especiais de Abordagem e Tiro Policial.

Parte do quadro de Instrutores do I C.O.P.

Os instrutores serão integrantes das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e um especialista em Artes Marciais.

Para o delegado-geral Paulo Cerqueira, “o aprimoramento dos integrantes da segurança pública é um processo de capacitação qualificado, indispensável para termos uma polícia devidamente preparada para um combate eficiente e vigoroso à criminalidade em Alagoas, conforme é a orientação do secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, e uma determinação do governador Renan Filho”.

Primeira Edição © 2011