Maceió receberá voos extras do Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Estado contraria retração nacional e avança 6,5% no fluxo de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares

20/10/2016 09:09

A- A+

Marcel Leite - Agência Alagoas

compartilhar:

Números divulgados pela Associação das Empresas Aéreas (Abear) revelam que o fluxo geral de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares cresceu 6,5% no primeiro semestre do ano. Diante disso, a Gol Linhas Aéreas anunciou voos extras ligando Maceió a três regiões do Brasil.

Os voos virão das cidades de Porto Alegre (RS), Foz do Iguaçu (PR), Curitiba (PR), Belo Horizonte (BH), Goiânia (GO) e Campo Grande (MS) e começarão a ser operados a partir do dia 16 de dezembro.

“Uma das nossas prioridades é incrementar, ao máximo, a malha aérea local, por meio de parcerias com operadoras e companhias. Não adianta divulgar Alagoas, estimular a vinda de turistas, sem organizar o cenário para que esse turista chegue ao nosso Estado com qualidade”, explicou o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

Ainda de acordo com dados da Abear, o índice registrado em Alagoas contraria a tendência nacional, que registrou o 13º mês consecutivo de retração na demanda de voos domésticos no país. Em agosto, o índice chegou a recuar 5,7%.

Querosene de aviação

Decreto regulamentado no primeiro semestre reduz de 17% para 12% a alíquota do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) do querosene de aviação em Alagoas.

Na prática, a regulamentação posiciona Alagoas como um dos estados mais competitivos do país para atração de novos voos, por reduzir a carga tributária para o segmento, uma vez que o custo com o combustível representa 35% do valor gasto pelas companhias, o que acaba determinando a distribuição dos voos pelo país de acordo com a competitividade do ICMS praticado.

Primeira Edição © 2011