Filme sobre memória de comunidades quilombolas estreia no dia da consciência Negra

Projeto audiovisual que reuniu vivências de moradores da Serra da Barriga e Muquém vira documentário e tem estréia na comemoração da Consciência Negra em União dos Palmares

17/11/2014 06:55

A- A+

Divulgação

compartilhar:

Além de oferecer oficinas de audiovisual para os moradores dos quilombos da Serra da Barriga e Muquém, o projeto “Entre panelas e evocação da memória: Conversas com os Moradores de Muquém e Serra da Barriga” traz como resultado um documentário que retrata memórias e o dia a dia destas comunidades que poderá ser assistido durante a comemoração do Dia da Consciência Negra em União dos Palmares, na Serra da Barriga.

O projeto, que é uma parceria da Fundação Palmares e Ministério da Cultura, faz parte do edital Ideias Criativas, com realização da Galeria Karandash e teve como ministrantes das oficinas e diretores do documentário os cineastas Adnor Pitanga e Marco Aurélio que possuem em seus currículos participação em grandes projetos no cenário do cinema nacional.

Os organizadores e idealizadores do projetos, Maria Amélia Vieira e Dalton Costa, artistas plásticos e militantes da cultura popular, afirmam que o projeto é um resgate da cultura popular alagoana e traz benefícios não só para a comunidade, como também para a memória da história. “A história alagoana vem se perdendo e sendo deturpada ao longo do tempo. Esse projeto nos faz refletir sobre a importância de registrar e de incentivar o registro dessas histórias através de ações e veículos diferenciados”.

O filme será exibido no dia 20 de Novembro na Serra da Barriga. 

Primeira Edição © 2011