Hotéis registram aumento de 20% no número de hóspedes

Segundo dados da Secretaria do Turismo, taxa de ocupação cresceu 5%, apesar do aumento na oferta de leitos

20/01/2014 14:04

A- A+

Agência Alagoas

compartilhar:

O ano de 2013 foi excelente para o turismo alagoano. É o que comprovam os dados da Superintendência de Investimentos da Secretaria de Estado do Turismo (Setur-AL), baseados no Boletim de Ocupação Hoteleira (BOH) enviado pelos estabelecimentos. Segundo o levantamento, os hotéis alagoanos receberam no ano passado 756.714 turistas, 20,19% a mais que em 2012.

Durante todo o ano de 2013, a rede hoteleira alagoana obteve uma taxa de ocupação média de 71,9%, cerca de 5% superior a do ano anterior e acima da média nacional, que é de 60,3%. Os meses de janeiro, julho e outubro tiveram resultados ainda melhores, com médias superiores a 80%.

“É importante frisar que em 2013, Alagoas tinha pouco mais de 31 mil e 400 leitos, 2.412 a mais do que em 2012, e ainda assim conseguiu aumentar a taxa de ocupação, o que demonstra que o trabalho integrado entra a iniciativa privada e o setor público vem funcionando muito bem”, explica Danielle Novis, Secretária de Estado do Turismo.

Outro dado que aponta os bons ventos para o turismo de Alagoas é o aumento da taxa de permanência dos visitantes em solo alagoano. Segundo o BOH, os turistas passaram em 2013 uma média de quatro dias em Alagoas, crescimento de 11,11% em relação a 2012.

O BOH ainda traz um levantamento dos mercados emissores de turistas. Como sempre ocorre, a região Sudeste liderou o ranking entre os turistas nacionais, com 379.964 visitantes, o que corresponde a 51,86% do total (249.107 só de São Paulo). Em seguida vem as regiões Nordeste (20,6%), Sul (14,28%), Centro-Oeste (11,48%) e Norte (1,78%).

Já os principais emissores estrangeiros foram Argentina (13.719 visitantes), Chile (3.471), Portugal (893), Estados Unidos (747) e Uruguai (718). Alagoas também recebeu visitantes de pouca tradição turística no estado, como Samoa Ocidental (12), Estônia (10), Mali (6) e Bósnia e Herzegovina (3).
 

Primeira Edição © 2011