Mais da metade dos cães nos EUA está acima do peso, diz jornal

17/10/2013 07:49

A- A+

G1

compartilhar:

Mais da metade dos cães americanos está acima do peso, segundo informações do jornal "The New York Times". Assim como ocorre com os humanos, o excesso de peso em animais está ligado a doenças como diabetes, hipertensão arterial, artrite (inflamação nas articulações), problemas renais e respiratórios.

Para reverter esse problema, nutricionistas e especialistas em reabilitação canina da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade do Tennessee têm ajudado bichinhos como o cão Mabel, que já conseguiu perder 20 kg. Desde então, a mobilidade e o nível de energia do animal melhoraram muito.
Outro espaço destinado aos pets que querem emagrecer é o resort Morris Animal Inn, localizado na cidade de Morristown, em Nova Jersey. O lugar criou um programa de saúde e fitness para bichos gordinhos em um complexo com mais de 2 mil metros quadrados.

A "salsicha" Lolita, da raça dachshund, é uma das frequentadoras do resort. Seu programa de emagrecimento inclui andar em uma esteira ergométrica – para ajudar as funções cardiovasculares – e nadar em uma piscina.

O labrador Ruby também aderiu ao programa do Morris Animal Inn. Na terceira imagem abaixo, ele aparece em um treino ao lado da preparadora Erin Doyle.

Sobrepeso e obesidade nos EUA

Entre os americanos, o excesso de peso (sobrepeso e obesidade) já atinge mais de dois terços da população adulta.

Se for considerada apenas a taxa de obesidade, os EUA têm 31,8%, contra 32,8% dos mexicanos, país que lidera o ranking atualmente, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Primeira Edição © 2011