Secult realiza o Balaio do Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas

10/09/2013 06:06

A- A+

Divulgação

compartilhar:

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em parceria com o Instituto do Patrimônio Cultural de Alagoas (Iphan), realizará o Balaio do Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas, no dia 17 de setembro, das 8h às 17h, no auditório Virgínio Loureiro, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso.

O objetivo do evento é reunir os agentes envolvidos com a produção cultural de todos os municípios alagoanos, a fim de iniciar o projeto de Identificação e Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas. Trata-se de um projeto piloto do Governo Federal que elegeu Alagoas e Santa Catarina como participantes. O Balaio vai promover o encontro entre os agentes culturais que fazem parte dos municípios situados em uma mesma região e estimular a identificação das referências culturais desses municípios, geograficamente localizados na mesma região.

De acordo com Adriana Guimarães, superintendente de Identidade e Diversidade Cultural da Secult, Alagoas está sendo pioneiro na realização desse projeto. “Esse projeto trata de um mapeamento cultural de todo o Estado; Alagoas será o primeiro.” destacou.

A Secult convidou os agentes culturais de Alagoas, do poder público ou da sociedade civil, para participarem dessa iniciativa. No evento será explicada à metodologia de trabalho do encontro e a formação de grupos, de acordo com as regiões culturais do estado.

Durante a ação, serão distribuídos com os gestores municipais de cultura, kits com livros sobre patrimônio material e imaterial, produzidos pelo Iphan. Os kits são destinados as bibliotecas públicas municipais, com o intuito de promover e incentivar iniciativas de educação patrimonial, além de acrescentar os acervos da bibliotecas sobre essa área. A programação do encontro contará também com apresentação de grupos de folguedos.

Primeira Edição © 2011