Rádio Primeira Edição - Ouça agora!

notícias > Meio-ambiente setas

PUBLICIDADE

Preservação do meio ambiente começa em casa. População precisa fazer a sua parte

Simples. A mudança de comportamento em casa é uma das formas mais fácies de preservar a natureza

08/10/2012 10:49

A- A+

MMA

compartilhar:

Martim garcia/MMA

Lâmpadas fluorescentes: mais baratas e menos poluentes

Simples ações que começam dentro de casa surgem como alternativas para a preservação do meio ambiente. Entre vários outros benefícios, a mudança de comportamento pode contribuir para a redução de emissões de gases poluentes e substâncias responsáveis pelas mudanças climáticas no planeta. O Dia do Consumo Consciente, comemorado em 15 de outubro, é uma oportunidade para que a população passe a fazer a sua parte.

As geladeiras e os freezers antigos estão entre os principais vilões da atmosfera. Os equipamentos de refrigeração produzidos até 2001 contêm clorofluorcarbono (CFC), substância destruidora da camada de ozônio. Caso haja vazamentos do gás, esses aparelhos se tornam potenciais agressores da concentração do gás ozônio que filtra a radiação ultravioleta da Terra.

PREVENÇÃO

No Brasil, o consumo do clorofluorcarbono foi proibido, mas ainda existem os chamados bancos de CFC, presentes justamente nos refrigeradores mais velhos. De acordo com a coordenadora de Proteção da Camada de Ozônio do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Magna Luduvice, o ideal seria substituí-los por equipamentos novos. Caso não seja possível trocá-los, a manutenção deve ser feita regularmente por técnicos especializados.

O controle das substâncias destruidoras do ozônio deve se estender ao comércio. Para combater a liberação indevida de hidroclorofluorcarbono (HCFC), outro responsável pelo buraco da camada de ozônio, o MMA e a Associação Brasileira de Supermercados desenvolvem um projeto demonstrativo de treinamento para manutenção de refrigeradores em estabelecimentos do ramo. “O índice de vazamentos em supermercados é muito alto”, alerta Magna.

ENERGIA

A substituição por refrigeradores mais recentes também traz benefícios em relação ao consumo de energia. Tanto para as geladeiras, quanto para os demais eletrodomésticos, é necessário dar preferência a produtos com o Selo A do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). “A preservação da camada de ozônio e a eficiência energética têm uma ligação significativa. É importante incentivar boas práticas nesse sentido”, afirma Magna.

Confira dicas de consumo consciente:

- ECONOMIZE ENERGIA ELÉTRICA:
- não deixe luzes acesas sem necessidade;
- compre eletrodomésticos eficientes (Classe A);
- troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes
- não tome banhos demorados e, no verão, ajuste a chave do chuveiro;
- utilize aquecedor solar quando possível;
- mantenha a borracha vedadora de sua geladeira sempre em boas condições
- limpe ou troque os filtros do ar-condicionado;
- evite usar a secadora de roupas;
- configure seu computador para o modo de economia de energia, o monitor é responsável por até 80% do consumo total de uma máquina;

- TRANSPORTES
- dê preferência ao transporte coletivo e à bicicleta;
- ofereça ou pegue carona;
- faça manutenção constante do veículo;
- calibre seus pneus;
- quando for trocar de carro, considere um modelo menos poluente;

OUTRAS INICIATIVAS
- compre móveis feitos com madeira certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council);
- separe o lixo
- não desperdice comida;
- dê preferência aos alimentos frescos, em vez dos congelados, que, além de mais caros, consomem até 10 vezes mais energia para serem produzidos;
- evite substituir desnecessariamente aparelhos que agregam alta tecnologia, como por exemplo celulares;
- reduza o consumo de produtos descartáveis;
- para subir dois ou três andares, dê preferência a escada ao invés de usar o elevador;
- imprima apenas o que for necessário e use os dois lados das folhas.
- dê preferência a papéis reciclados sempre que possível;
- sempre que possível faça videoconferências, evitando descolamentos e viagens desnecessárias;
- conscientize-se sobre o produto que está comprando; pesquise se empresa adota ações sustentáveis na produção e se já foi multada por crime ambiental;
- ao investir em um fundo ou empresa, priorize aquelas que têm boas práticas sócio-ambientais. 

* campos obrigatórios

  • Enviar »

@primeiraedicao seta

anterior proximo
  • João Julio da Silva

    O JORNAL Jota Julio já saiu! http://t.co/wG2hCZ7xgL Graças a @tnh_1 @PrimeiraEdicao

  • Jessica Pacheco

    É Hoje! Tom Cavalcante apresenta show de humor em Maceió http://t.co/mQE5o7e4Gu via @primeiraedicao

  • João Julio da Silva

    Sempma fiscaliza empreendimentos residenciais http://t.co/jLX1ZChiZ5 via @primeiraedicao

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira Edição © 2011

Plus! Agência Digital