Construção do Plano Estadual do Turismo de Alagoas chega à reta final

Representantes das regiões turísticas, empresários do setor e IES discutem os últimos pontos para construção do documento; Entrega do Plano para sociedade está como um dos projetos do Alagoas Tem Pressa

04/10/2012 13:05

A- A+

Assessoria

compartilhar:

O Plano Estadual do Turismo de Alagoas – Projeto prioritário do Governo do Estado e coordenado pela Secretaria de Estado do Turismo - está prestes a finalizar as atividades e definir as prioridades para o desenvolvimento do setor. A próxima etapa será a validação do Plano pela comunidade e está agendada para novembro.

Logo após, o estabelecimento dos indicadores e metas que irão compor os programas e projetos do Plano, terá uma oficina de alinhamento com o Ministério do Turismo para estabelecer a consonância com o Plano Nacional do Turismo Brasileiro, programada para os dias 23 e 24 de novembro.

Após estas etapas, ficará disponível no site da Setur-AL para consulta pública, e posteriormente seguir com a publicação e entrega à sociedade. Existe um pleito para que o documento se torne lei e seja executado durante o horizonte dos dez anos (2013 -2023).

A SETUR/AL concomitante as oficinas de construção do plano está debruçada nas legislações do Estado para averiguar as possibilidades para efetivação deste encaminhamento.

Segundo o coordenador da ação pela Setur-AL, Renato Lobo, é a primeira vez que o estado trabalha um plano no patamar estadual. “Já trabalhamos com a construção do PDTIS – Plano de Desenvolvimento do Turismo Integrado Sustentável – Planos regionais do litoral, Costa dos corais e Lagoas e Mares do Sul. Agora, o grande exercício é ampliar a experiência na construção de um instrumento de planejamento e gestão para o desenvolvimento do Estado, como um todo, obviamente onde existem as reais potencialidades para o setor do turismo. Agradeço a todos pela confiança e dedicação durante o processo”, declarou.

Já a secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, explicou: “A construção do Plano ter entrado como prioridade para o programa ‘Alagoas Tem Pressa’ deu estímulo aos atores do setor. Eles perceberam a seriedade do governo e vontade de alavancar o turismo e se engajaram”.

Participaram do encontro, diversos representantes das regiões turísticas (São Francisco, Costa dos Corais, Lagoas e Mares do Sul e Quilombos), além do Instituto Federal de Alagoas – IFAL e UFAL, como também os empresários do setor.

Considerado uma construção a várias mãos, o Plano será um norteador para o efetivo desenvolvimento do turismo nas regiões, seguindo os gargalos elencados pelos participantes das oficinas e as ações que tenham impacto, monitorando os resultados e o alcance dos objetivos propostos. 

Primeira Edição © 2011